Movimento que atrapalhou o trânsito na Av. Djalma Batista não reuniu nem 500 pessoas - O CHEFÃO DA NOTÍCIA

Breaking

Publicidade

terça-feira, 2 de junho de 2020

Movimento que atrapalhou o trânsito na Av. Djalma Batista não reuniu nem 500 pessoas


O movimento denominado ‘Amazonas pela Democracia’ que pede o afastamento de um presidente eleito democraticamente, reuniu na tarde desta terça-feira (2), segundo dados da Polícia Militar, quase 500 pessoas na avenida Djalma Batista, zona centro-sul de Manaus. O ato prejudicou o trânsito, já que em plena terça-feira os que  trabalham precisavam se locomover para seus empregos ou seus lares. 

Segundo o idealizador do evento, identificado como Matheus, a mobilização foi motivada por conta dos recentes atos pelo País que pedem o fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Congresso Nacional.

Em nota, apesar de o movimento esclarecer que não compactua e nem incita nenhuma forma de violência ou agressão, seja física ou verbal, os manifestantes chegaram a proferir ofensas ao presidente e a Polícia Militar, que no momento, estava fazendo a segurança de todos.

Ao que parece, o movimento aproveitou para 'surfar' na onda de protestos que acontecem nos EUA, para, segundo eles, protestar contra o que eles chamam de racismo, fascismo e atrocidades que atacam a 'democracia'.

Não é de espantar se num futuro bem próximo alguém do movimento saia candidato nas próximas eleições.

Nenhum comentário:

Postar um comentário