Coronel da PM pode ser preso por atacar governador e chamar cúpula da Secretaria de Segurança de 'capachos' - O CHEFÃO DA NOTÍCIA

Breaking

Publicidade

quinta-feira, 23 de julho de 2020

Coronel da PM pode ser preso por atacar governador e chamar cúpula da Secretaria de Segurança de 'capachos'


Em viagem a Istambul, na Turquia, o policial militar do Amazonas, coronel Rosses, foi indiciado e poderá ser preso assim que pisar em solo amazonense. O oficial atacou de forma irresponsável e direta o governador Wilson Lima e ainda sobrou para a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM).

Em vídeo divulgado na noite desta terça-feira (21), Rosses aparece com uma máscara de proteção contra o Covid-19, estampada a frase "Fora Wilson Lima". Ainda no vídeo, o oficial afirma que não iria se calar diante das ameaças de prisão contra ele e que não tinha medo do governador e muito menos dos ‘capachos’ da Secretaria de Segurança.

“Vocês não vão me calar. O senhor sabe bem a quem o senhor serve. De quem o senhor é capacho. Não vou parar até que o senhor e sua quadrilha sejam presos. O estado do Amazonas, no segmento da segurança anda lado a lado com a criminalidade. Lado a lado com o crime organizado. O senhor e o seus capachos da Secretaria de Segurança, os seus paus mandados de estrela dourada, tentam me intimidar. Não venha com brincadeirinha!”, diz em partes do vídeo publicado nas redes sociais.

TEXTO DO VÍDEO DIVULGADO

Trabalhando em Istambul com policiais do BOPE do Brasil, buscando melhorias para a segurança pública e recebo mensagens de vários policiais que me apoiam me informando que estaria sendo indiciado pelo SUBCOMANDANTE da PM em novo inquérito policial. Crime? Falar a vocês sobre as falcatruas desse governo declaradas pela Policia Federal e pelo STJ. Isso não é crime é tentativa de intimidação, perseguição. Governador, não adianta! Nunca será meu superior hierárquico. Não respeito hierarquia ilegal e criminosa. Cuide da população. A segurança pública está largada. Os marginais dominaram o estado e fazem parte das suas secretarias e assessorias

PRISÃO A QUALQUER MOMENTO

O ataque ao governado e a instituição SSP-AM não deve sair barato, pois além da prisão, a expulsão dos quadros da PMAM podem ser considerados, diante da audácia do oficial da Polícia Militar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário