Engajamento Familiar é tema da segunda live educacional - O CHEFÃO DA NOTÍCIA

Breaking

Publicidade

quinta-feira, 6 de agosto de 2020

Engajamento Familiar é tema da segunda live educacional


O “Engajamento familiar” foi o tema da segunda live do projeto “Educação Pós-Pandemia” promovido pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed). O seminário virtual aconteceu na tarde desta quarta-feira, 5/8, e integra uma trilogia de lives educacionais.

O encontro foi mediado pela titular da Semed, Kátia Schweickardt, e contou com a participação das educadoras Beatriz Abuchaim, gerente de Conhecimento Aplicado da Fundação Maria Cecília Souto Vidigal (SP), e Nívia Lima, gestora do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Paulo Herban Jacob, na Colônia Terra Nova, zona Norte.

De acordo com a secretária de Educação, o projeto “Educação Pós-Pandemia” está abordando três eixos já presentes na rotina dos gestores e educadores e que agora, por meio do seminário virtual, estão sendo compartilhados: “Educação Integral”, “Engajamento Familiar” e “Educação & Tecnologia”.

“O engajamento familiar está presente nas nossas 496 unidades de ensino, por meio de ações e práticas que envolvem a participação dos pais e familiares na educação dessas crianças e adolescentes. Com os esforços dos nossos gestores, estamos conseguindo melhorar os índices, garantindo direitos. E isso será cada vez mais possível se as famílias se conectarem, cada vez mais, às escolas. É essa discussão que estamos propondo nesse debate”, destacou Kátia.

A psicóloga Beatriz Abuchaim atua na área da educação infantil há mais de 20 anos e dedicou suas pesquisas de mestrado e doutorado ao tema. Atualmente, atua na Fundação Maria Cecília Souto Vidigal, em São Paulo, gerenciando projetos relativos à educação infantil.


“A fundação atua bastante com os gestores públicos, com os municípios e Manaus é um deles, então estamos com esse desafio. O que é muito legal desse debate virtual é que a minha dissertação de mestrado foi justamente sobre essas relações entre as famílias e a escola de educação infantil. Esse é um tema desafiador que tem um potencial imenso. Pois não inclui apenas o que a escola desenvolve, mas também o diálogo com a família. Fiquei muito feliz em receber esse convite de Manaus, pois a fundação onde atuo se dedica à primeira infância, a informar melhor os familiares de como eles podem agir de forma estratégica junto com a escola infantil’, comentou Beatriz.

À frente do Cmei Paulo Herban Jacob, na zona Norte, Nívia Lima, possui especialização em Gestão Escolar e está na rede municipal de ensino de Manaus há 12 anos. Nesse meio tempo, já atuou em sala de aula, foi assessora pedagógica, formadora do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (Pnaic) e no ano passado assumiu a gestão do Cmei.

“Quando falamos sobre ‘engajamento familiar’ não podemos deixar de pensar nessas crianças sem entender seu ambiente familiar. Lá no Cmei temos esse contato, corpo a corpo, direto com o adulto responsável, que cuida da criança, para repassarmos orientações, pois acreditamos que é preciso conhecer a família e o que a criança está vivenciando. A nossa equipe da escola é formada por pessoas dispostas a contribuir, conversam com os pais, recebem ligações e mantém esse diálogo, principalmente neste momento de pandemia”, explicou a gestora.

Trilogia

O projeto “Educação Pós-Pandemia” continua na próxima quarta-feira, 12, às 15h, com a live “Educação & Tecnologia” e contará com a participação do educador Zevaldo Sousa, especialista em Mídias na Educação, pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e Leo Burd, fundador da Rede Brasileira de Aprendizagem Criativa.

Ao fim das três lives terão participados personalidade da educação com reconhecimento nacional e internacional, sempre com contraponto e colaboração de alguém experiente na área de educação, para compartilhar suas vivências.

Fotos - Ingrid Anne / Semed


Nenhum comentário:

Postar um comentário