Gavião do Norte encara a Jacuipense pela Série C do Brasileiro - O CHEFÃO DA NOTÍCIA

Breaking

Publicidade

sábado, 22 de agosto de 2020

Gavião do Norte encara a Jacuipense pela Série C do Brasileiro


Depois de disputar a semifinal do Campeonato Brasileiro da Série D, em 2019, diante da Jacuipense, o MANAUSFC tem um novo encontro marcado contra o time do interior da Bahia. Entretanto, dessa vez, a partida não será no município de Riachão do Jacuípe (a 186 km da capital baiana). O confronto será no estádio Pituaçu, em Salvador, às 14h deste sábado, 22/8, pelo horário de Manaus.

O adversário é conhecido, mas o momento é totalmente diferente, uma vez que as equipes, agora, estão em outra divisão do futebol brasileiro, como lembra o zagueiro Thiago Spice, que enfrentou a Jacuipense no ano passado. “Nos encontramos numa semifinal onde foi um jogo mais festivo com dois times vindos de um acesso, com aquela ‘ressaca do acesso’, mas hoje não. É um jogo valendo três pontos na competição. Eles não pontuaram ainda, perderam o primeiro jogo dentro de casa e nós estamos vindo de dois empates, então vai ser um jogo muito difícil”, pontua o zagueiro.

O goleiro Jonathan também esteve em campo nos dois jogos contra a Jacuipense no ano passado e espera uma partida difícil. “O jogo de hoje é diferente. Estamos numa fase classificatória da Série C, mas não vai deixar de ter entrega, tanto dos jogadores do Manaus quanto da Jacuipense. O Manaus FC se preparou muito forte. Tenho certeza que a gente vai fazer um grande jogo e se Deus quiser vamos sair com esses três pontos”, finaliza o goleiro.

Cenário

O técnico do Manaus, Luizinho Lopes analisou o cenário da partida em relação a tabela de classificação. Atualmente, o Gavião do Norte está na quinta posição. “Com relação à tabela, não tem como pensar diferente. Os três pontos neste momento são o mais importante. Você empatar fora de casa nunca é ruim, mas haja vista que empatamos os dois primeiros jogos, a gente começa a se distanciar. Se você ficar só empatando... Uma equipe que ganha dois jogos e perde um, ela faz seis pontos. Uma equipe que joga três e empata os três, só faz três pontos. E ainda tem os critérios de desempate. Com relação a questão estratégica, de posição na tabela, não há como negar que para esse momento precisamos buscar os três pontos, porém, nós temos que entender que é uma competição longa, que temos que nos atentar para o desempenho. Quando você tem um bom desempenho você está sempre próximo da vitória”, observa Luizinho.

Jogadores relacionados para a partida:

Goleiros: Jonathan e Gleibson
Laterais: Igor Carvalho, Rennan, Edvan e Caíque.
Defensores: Thiago Spice, Luis Fernando e Patrick Borges.
Volantes: Derlan, Carrilho e Ramon.
Meias: Diogo Peixoto, Janeudo, Hamilton e Gabriel Davis
Atacantes: Rodrigo Fumaça, Rossini, Mateus Oliveira, Matheuzinho, Paulinho Simionato e Jandy


Foto: Leanderson Lima 


Nenhum comentário:

Postar um comentário