Pesquisa Pontual confirma Amazonino Mendes no segundo turno da eleição - O CHEFÃO DA NOTÍCIA

Breaking

Publicidade

sexta-feira, 7 de agosto de 2020

Pesquisa Pontual confirma Amazonino Mendes no segundo turno da eleição


Pesquisa do Instituto Pontual divulgada nesta sexta-feira, 7, com exclusividade pelo Portal O Poder mostra que a três meses da eleição municipal, o pré-candidato Amazonino Mendes (Podemos) se mantém na liderança, com 31,7% das intenções de voto e confirma a tendência de segundo turno com o adversário, o ex-deputado estadual David Almeida (Avante), que registrou 12,3% dos votos dos eleitores entrevistados.

Nesta edição da pesquisa, o deputado federal José Ricardo (PT) voltou a aparecer em terceiro lugar, com 5,5%, passando do também deputado federal, capitão Alberto Neto (Republicanos), que caiu para a quarta posição, com 4,8% das intenções de voto.

Serafim Corrêa (PSB) vem logo em seguida, com 4,5% e, em seu encalço, a delegada licenciada da Polícia Civil, Débora Mafra (PSC), com 4,3%.

O vice-prefeito Marcos Rotta (DEM), que vai tentar se eleger prefeito de Manaus, recebeu 4,0% do interesse do eleitor, enquanto Alfredo Nascimento (PL), ficou com 3,8%.

Contando com o apoio do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), o pré-candidato a prefeito, Josué Neto (PRTB), recebeu 2,3% e o ex-deputado federal Hissa Abrahão (PDT), aparece com 1,9%.

Os últimos a pontuar na Pesquisa Pontual foram os pré-candidatos Ricardo Nicolau (PSD), com 1,6%; Romero Reis, com 0,3%; e Jonas Araújo (Psol), com 0,1%.

Os que decidiram pelo voto branco ou nulo somaram 14,5% e, os indecisos, 8,4%.


Segunda opção

Amazonino Mendes também é a preferência do eleitor, quando perguntado qual dos nomes seria a sua segunda opção de voto. O ex-governador tem a lembrança de 14,3% dos entrevistados.

David Almeida também é bem lembrado, com 12,2% dos votos, seguido de José Ricardo, com 7,5% e, Alfredo Nascimento, 6,4%.

Alberto Neto é a segunda opção de voto de 5,5% dos entrevistados, seguido de perto por Serafim Corrêa, com 5,3% e, Marcos Rotta, com 5,1%.

A delegada Débora Mafra também está na lembrança de 4,0% dos entrevistados, seguida de Hissa Abrahão, 3,6% e, Josué Neto, 3,5%.

Os pré-candidatos Ricardo Nicolau, Romero Reis e Jonas Araújo tiveram 1,9%; 1,0% e 0,3% de votos, respectivamente.

Entre os que decidiram por branco ou nulo são 19,4% e, os indecisos, 10,0%.


Rejeição

Entre os 13 nomes de pré-candidatos testados nesta terceira pesquisa do Instituto Pontual neste ano, mostra que o ex-deputado federal e ex-prefeito de Manaus, Alfredo Nascimento, é o campeão em índice de rejeição, com 19,7%, seguido dos também ex-prefeitos, Serafim Corrêa, 15,3% e, Amazonino Mendes, com 14,8%.

Bem abaixo dos três aparece o atual vice-prefeito, Marcos Rotta, com 4,6%; o ex-vice-prefeito, Hissa Abrahão, com 3,6%, seguidos de Josué Neto, que recebeu 2,9% de rejeição.

Os pré-candidatos José Ricardo, David Almeida e Romero Reis apresentam uma rejeição baixa: 2,6%; 2,1%; e 2,1%, respectivamente.

Ricardo Nicolau apresentou rejeição de 1,9%, seguido de Jonas Araújo, com 1,8%.

Em quarto lugar na pesquisa, Alberto Neto apresenta uma rejeição baixíssima, com apenas 1,0%, seguido da delegada Debora Mafra, com 0,9%.

Entre os indecisos neste item são 15% e, os que rejeitam todos os nomes apresentados, foram 11,7%.

Experiência

O favoritismo de Amazonino Mendes na pesquisa ganha eco em outro item sondado pelos pesquisadores com os eleitores.

Perguntados se fossem para escolher entre o “Novo” e a “Experiência” como qualidades do próximo prefeito de Manaus, 49,2% dos entrevistados responderam pela “Experiência” e, 19,1%, pelo “Novo”. Outros 31,7% não souberam opinar.

A Pesquisa Pontual entrevistou 1.066 eleitores, entre os dias 30 de julho e 7 de agosto, em todas as zonas de Manaus e foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número 07632/2020. A margem de erro é de 3% para mais e para menos e intervalo de confiança de 95%.



Nenhum comentário:

Postar um comentário