Faar promove palestra em alusão ao Setembro Amarelo com transmissão por meio de live no Instagram - O CHEFÃO DA NOTÍCIA

Breaking

Publicidade

segunda-feira, 28 de setembro de 2020

Faar promove palestra em alusão ao Setembro Amarelo com transmissão por meio de live no Instagram



A Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar) promove, nesta terça-feira (29/09), uma palestra em alusão ao Setembro Amarelo, mês de prevenção ao suicídio, a partir das 10h, no auditório da Vila Olímpica, avenida Pedro Teixeira, bairro Dom Pedro, zona centro-oeste. Com o tema “Como identificar uma pessoa depressiva e o que devo fazer para ajudar?”, a palestra será ministrada pela médica psiquiatra Selma Haddad e terá transmissão pelo Instagram @Faaroficial.

Diante do mês que retrata a importância da conscientização sobre a depressão e prevenção ao suicídio, a Faar idealizou a palestra para aproximadamente 50 servidores, os quais estarão presentes. Mas dada a importância do assunto, foi decidido abrir para toda a população a partir de uma live.

Segundo o diretor-presidente, Roberto Folhadela, era necessário chegar a mais pessoas esse tipo de instrução. “Nós vivemos em uma época em que todos os dias se ouve falar de suicídio ocasionado pela depressão e muitas vezes, nós temos alguém próximo que pode estar sofrendo desse transtorno, mas não sabemos como lidar ou mesmo identificar. Essa palestra vai ajudar bastante nesse ponto e tenho certeza que será extremamente proveitosa”, ressalta.

De acordo com a psiquiatra, a desinformação ainda é um dos maiores obstáculos para a prevenção desse problema, que assola milhares de pessoas no mundo. Ela aprova a atitude da Faar em promover essa palestra.

“Essa iniciativa é de grande importância porque o que mais prejudica a população em geral é a falta de informação. Quando a gente consegue informar com qualidade, as pessoas abrem suas mentes e diminuem o preconceito com os transtornos psiquiátricos. Dessa forma, conseguimos ajudar um número maior de pessoas que tanto sofre com esses distúrbios” finaliza.


Nenhum comentário:

Postar um comentário