Hiram Nicolau cobra governo do estado por 'SUMIÇO' DE CORPO - O CHEFÃO DA NOTÍCIA

Breaking

Publicidade

segunda-feira, 28 de setembro de 2020

Hiram Nicolau cobra governo do estado por 'SUMIÇO' DE CORPO



O vereador Hiram Nicolau (PSD) denunciou o Governo do Estado do Amazonas, por não apresentar, até a manhã desta segunda-feira (28), uma resposta oficial sobre o caso do enfermeiro Gilberto Pinheiro da Silva, que morreu na madrugada de domingo (27), no Hospital Delphina Aziz, vítima da Covid-19, e, até então, não teve o corpo encontrado. O episódio repercutiu em grande escala nas redes sociais, durante o fim de semana, e levou o parlamentar a pedir o apoio de instituições como Ministério Público do Estado (MPE/AM) e o Conselho Regional de Medicina do Amazonas (Cremam), para que o Executivo possa dar esclarecimentos ao que Hiram considera, mais uma vergonha da atual administração estadual.

Hiram Nicolau aproveitou a situação, para criticar a falta de explicações do governo, também em relação às milhares de vidas perdidas nos últimos meses, por conta da pandemia do novo coronavírus. Segundo o vereador, tantas mortes foram motivadas por um protocolo de segurança ineficiente, imposto à população e aos próprios profissionais de saúde, na maioria das vezes de forma arbitrária.

“A Câmara de Manaus estará vigilante, à espera de uma resolução sobre esse caso do enfermeiro, e de uma resposta do governo para essa vergonha que o Amazonas comete mais uma vez. Trata-se de uma incompetência de quem não quer saber de saúde, mas apenas fazer negociata. Assassinos, ladrões! Que tratem logo de corrigir o erro e encontrar o corpo que foi perdido no hospital, para que haja uma despedida digna a um trabalhador e pai de família”, disse Hiram Nicolau, em pronunciamento na casa legislativa, nesta segunda-feira.


Linha de frente
O enfermeiro Gilberto teve a morte registrada por volta das 3h, do último domingo. Ele trabalhava na linha de frente da Covid-19 e deixou esposa e um filho de apenas dois meses de vida.

Apelo
O apelo de parentes e amigos para que o corpo apareça chegou aos quatro cantos da cidade e levou as pessoas a exigir explicações do governo, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES/AM), por não conceberem que um hospital tido como referência cometa tamanho equívoco como este do fim de semana.

“Além de ficar esses sentimentos de tristeza, revolta e indignação dos parentes, amigos e alunos do enfermeiro Gilberto, fica também a denúncia de que o hospital consegue perder o corpo do enfermeiro. Onde já se viu tamanha falta de respeito, de competência. Aonde vamos parar?!”, indagou Hiram Nicolau.

Fotos: Emerson Olliver 



Nenhum comentário:

Postar um comentário