Nova Lei do Gás poderá ser votada esta semana na Câmara Federal e Amazonas ainda não tem a nova legislação - O CHEFÃO DA NOTÍCIA

Breaking

Publicidade

terça-feira, 1 de setembro de 2020

Nova Lei do Gás poderá ser votada esta semana na Câmara Federal e Amazonas ainda não tem a nova legislação


O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Josué Neto alertou, nesta segunda-feira (31), que há cinco meses o Poder Legislativo espera para votar uma Nova Lei do Gás do Governo do Amazonas, enquanto, a nova lei do gás na Câmara Federal está prevista para ser votada esta semana, em Brasília.

“O Governo do Estado não está dando a devida importância para abertura do mercado de gás, que é uma bandeira, uma pauta importante do Governo Federal e outros estados brasileiros, como o próprio estado de Sergipe é hoje o Estado que melhor faz esse trabalho, que mais desenvolve o seu Estado com o viés econômico da economia, principalmente na abertura do mercado de gás. O Governo do Estado está prejudicando a o Amazonas, está prejudicando a vida do amazonense, a vida do manauara, o desenvolvimento da economia no nosso Estado”, disse Josué.

Ainda, conforme o presidente da Aleam, atualmente, o Executivo só está apoiando a exploração de gás em Silves, no campo do Azulão, no entanto, o recurso natural da região é destinado ao Estado de Roraima.

Bandeira do Governo Federal

Josué Neto ressaltou que a abertura do mercado de gás faz parte da bandeira da administração do presidente Bolsonaro e do ministro da Economia, Paulo Guedes.

“A exploração do gás natural no Estado do Amazonas ela está ligada e tem condição de ser explorada em 16 municípios, inclusive Manaus. Em Manaus nós temos gás natural e isso faz parte de uma bandeira da administração do presidente Bolsonaro, do ministro Paulo Guedes que é a abertura do mercado de gás natural. Isso vai fortalecer muito a e economia de Manaus, vai trazer muitos empregos para Manaus porque em Manaus existe gás, não claro será explorado na área urbana, mas no entorno de Manaus, na floresta, até porque a exploração de gás não destrói a floresta, muito pelo contrário, ela mantém o status quo daquela região e acima de tudo é uma energia limpa, diferente da energia que é utilizada em Manaus, que é a queima de óleo diesel”, explicou o parlamentar.

Pauta

Nesta terça-feira, os deputados federais poderão votar o Projeto de Lei (PL) 6407/2013 que dispõe sobre medidas para fomentar a Indústria de Gás Natural e altera a Lei nº 11.909, de 4 de março de 2009.



Nenhum comentário:

Postar um comentário