Ticker

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Primeira Feira Científico-Cultural on-line do Brasil mostra o renascimento do mundo trinta anos após a pandemia do Covid-19



As Instituições Nelly Falcão de Souza (INFS) realizam, de 25 a 30 deste mês, a 1a Feira Científico-Cultural on-line do Brasil. Trata-se da 34ª edição do evento, que faz parte do calendário do Pinocchio Centro Educacional e do Colégio Martha Falcão, e que ganhou um formato virtual, por conta do distanciamento social, prometendo levar uma experiência diferenciada ao seu público. A programação on-line com palestras, mesa-redonda e o início da contagem regressiva para a abertura da feira está disponível no site www.colegiomarthafalcao.com.br/novaterra.

Com o tema “Nova Terra”, a Feira Científico-Cultural das INFS traz o renascimento científico, cultural e social que aconteceu no mundo trinta anos após o Covid-19. “Em 2020, a humanidade vivenciou um dos episódios mais tristes de sua história, uma pandemia global. Uma geração de crianças e jovens que vivenciaram as consequências da doença se tornaram adultos com uma nova visão de mundo e o resultado disso será apresentado na feira”, destacou a diretora da INFS, Nelly Falcão.

Essa geração que renasceu da pandemia de 2020 desenvolveu, desde lá, ainda no ambiente escolar, protótipos, projetos e reflexões que se transformaram em descobertas científicas e inovações tecnológicas que serão apresentados durante a feira. Serão ao todo quase 50 trabalhos desenvolvidos pelos alunos e expostos no site.

A diretora das INFS explica que o evento é uma oportunidade para os alunos desenvolverem um pensamento crítico-reflexivo sobre como as decisões de hoje impactam no futuro. “As crianças e os adolescentes estão bastante animados, os vídeos foram desenvolvidas por eles mesmos, com duração média de 15 minutos, e será similar às apresentações das feiras presenciais”, informa a professora Nelly Falcão.

Hábitos que Cuidam da Nossa Saúde, Nova Rotina de Higiene, A Escola na Nova Terra, Como Era a Escola Antes da Pandemia, Relações de Amizade Antes da Pandemia, Distanciamento Social e Reinventando Velhos Hábitos estão entre os projetos que serão apresentados pelo alunos do Pinocchio Centro Educacional.

Educação Financeira Em Tempos de Pandemia, Impactos da Pandemia no Meio Ambiente, As Experiências Culturais Imersivas em Tempos de Pandemia, Robôs na Pandemia, Cidades Futuristas, Mudanças no Setor da Mídia e Entretenimento Pós-Covid, A Revolução do Drive-Thru, O Impacto da Pandemia na Saúde Mental e A Outra Pandemia: As Neurociências dos Efeitos das Fake News serão alguns dos temas das apresentações dos alunos do Martha Falcão.

O colégio é pioneiro na realização de feira de ciências na cidade, cuja idéia foi lançada nas escolas estaduais pela patrona da instituição, a Professora Martha Falcão, reconhecida em todo o Brasil por sua dedicação, como professora e cientista, à preservação da Amazônia.



Programação On-line
Entre os dias 16 e 23, a comunidade escolar terá acesso a uma programação on-line que antecede a feira. Palestras, roda de conversa e workshop fazem parte do roteiro, que contarão com a participação de profissionais que são referência no setor que atuam. O conteúdo será disponibilizado, a partir do dia 25, para o público em geral no canal do YouTube das Instituições Nelly Falcão de Souza.

O primeiro evento foi o “Nossos Cientistas”, com relatos de experiências de alunos egressos que se tornaram pesquisadores de referência. Participaram as engenheiras agrônomas Ana Cecília Nina, Cassiane Minelli, e engenheiro químico Thiago Mesquita

No dia 18, foi a vez da Roda de Conversa “Nova Consciência Cultural”, que abordou os reflexos comportamentais da pandemia na arte e na cultura. O evento teve a participação do artista plástico e historiador Otoni Mesquita; do presidente da ALCEAR (Academia de Letras, Ciências e Artes do Amazonas), Julio Lopes; e do galerista de arte da Manaus Amazônia Galeria de Arte, Carlysson Sena.

Neste dia 21, acontece a Mesa Redonda “Educação Socioambiental”. O professor, pesquisador e diretor do Museu da Amazônia (MUSA), Ennio Candotti, e a coordenadora do Manaus + Verde, Lais Naha Lopes, debatem sobre a urgência na formação da verdadeira consciência socioambiental.

No dia 22, terça-feira, o público irá assistir a palestra da médica e PhD em Fisiologia Espacial, Thais Russomano, que irá falar sobre “Medicina Espacial”. E, no dia 23, a programação encerra com o Workshop “Inovações Tecnológicas a serviço do planeta”, com o doutor em informática Bruno Gadelha.


Postar um comentário

0 Comentários