Eleito vereador de Manaus, Robson Carvalho vai propor à Prefeitura criar Núcleo de Obras Urgentes - O CHEFÃO DA NOTÍCIA

Breaking

Publicidade

sábado, 17 de outubro de 2020

Eleito vereador de Manaus, Robson Carvalho vai propor à Prefeitura criar Núcleo de Obras Urgentes



Há 40 anos trabalhando como jornalista nos principais jornais de Manaus e hoje comandando o Portal Flagrante, Robson Carvalho decidiu ser candidato a vereador pela primeira vez, pelo PRTB, e pretende, se eleito, dedicar-se a combater a fome, na opinião dele o principal problema a ser enfrentado nos dias atuais. “Observamos que muitos projetos de combate à fome no Brasil foram extintos pelos governos no decorrer dos últimos anos. Manaus, com seus 2, 9 milhões de habitantes, também tem muitas famílias na zona da miséria e passando fome”, diz ele.

“O Brasil, que desde 2013 saiu da lista do mapa da fome mundial, começa a dar sinais, segundo pesquisa divulgada recentemente pelo IBGE, retroceder e pode voltar a lamentável estatística de países com grande número de pessoas que não se alimentam todos os dias. Acredito que a negligência e falta de políticas públicas relacionadas à questão são os principais motivos para esse crescimento de pessoas carentes de alimentos nas cidades. Seremos a voz para criamos projetos que proteja principalmente crianças dessa situação lamentável, com leis específicas no âmbito do município”, defende.

O candidato também propõe que a Prefeitura crie um núcleo de obras urgentes. “É muito comum a população reclamar de buracos, postes com luminárias queimadas, lixo nas calçadas e outros transtornos nas ruas de Manaus, denunciar através das redes sociais e aos órgãos responsáveis do município e não ver resultados rápidos.

Isso porque não existe um núcleo de serviços urgentes na pasta de obras da prefeitura de Manaus. O que se vê são respostas demoradas da prefeitura para solucionar, na maioria das vezes, problemas considerados pequenos e de fácil solução”, explica.

No setor do empreendedorismo, Carvalho cita pesquisas apontando que hoje é mais fácil empreender do que arrumar um emprego fixo com carteira assinada. “Ter uma boa ideia, conseguir apoio ou incentivo e trabalhar por conta própria, é a maior garantia de voltar ou se manter no mercado de trabalho. O município precisa criar mecanismos tecnológicos para desburocratizar e incentivar jovens e adultos nos seus empreendimentos, transformando essas ideias em emprego e renda”, aponta. “Para isso, temos que desenvolver um projeto de lei que garanta orçamento para esse fim. Mais que isso, levar esse apoio financeiro à periferia, através de instituições como associações de bairros, ONGs ou Institutos sérios”, propõe.

Esporte

“Manaus é um celeiro de atletas, muitos com talentos impressionantes. Kaiyane Lucena, a Karateca hoje com sete anos, é um bom exemplo de atleta de ponta. Campeã Amazonense e brasileira na sua categoria carece de incentivos porque está fora dos requisitos do Bolsa Atleta. Resultado: se não tiver o incentivo para a prática do esporte, em breve perderá o gosto e abandonará o karatê, como outros atletas fazem por falta de incentivos. Nossa ideia é abranger e ampliar a lei já existente nesse sentido, para as categorias de base e amadoras em todos os esportes. O alvo será a iniciativa privada, com o projeto Adote um Atleta, onde os incentivos serão capturados nas indústrias, comércio e de pessoas jurídicas que aderirem ao projeto de forma natural”, propõe Robson, para a área do esporte.

O jornalista tem feito campanha com amigos, sem muitos recursos, mas mostrando suas ideias e debatendo com a população nas ruas e nas redes sociais.

Fonte: Blog do Hiel Levy


Nenhum comentário:

Postar um comentário