Ticker

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Minicurso “Saber Mulher” vai capacitar mulheres sobre seus direitos por meio de videoaulas



Com o objetivo de qualificar e estimular o espírito de liderança nas mulheres amazonenses, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), inicia neste sábado (10) o minicurso de capacitação “Saber Mulher”. O projeto consiste na transmissão de videoaulas com assuntos relacionados aos direitos das cidadãs. As inscrições para a capacitação vão até o dia 8 de outubro pelo link https://bit.ly/36wPxGg.

A ideia segue a proposta do projeto “Promotoras Legais Populares”, que foi interrompido devido à pandemia. No minicurso “Saber Mulher”, as inscritas participarão de 12 módulos transmitidos por meio do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), das 8h às 12h. A carga horária é de 24h, sendo dois módulos de 2h em cada sábado. As aulas terminam no dia 14 de novembro e todas as participantes receberão um certificado de conclusão do curso.

O secretário William Abreu, titular da Sejusc, explicou que os professores convidados ministrarão as aulas de forma voluntária. Ele destaca a parceria com a TV Encontro das Águas, a qual também vai disponibilizar o conteúdo do “Saber Mulher” na grade da programação.



Curso – Para se inscrever no curso, as interessadas devem se registrar no link informando o nome completo, CPF, e-mail e telefone. As aulas serão disponibilizadas na plataforma aos sábados, sendo um módulo de 8h às 10h e outro de 10h às 12h. Os módulos poderão ser assistidos pela plataforma do AVA https://avauea.uea.edu.br/.

De acordo com a secretária executiva de Políticas para Mulheres da Sejusc, Ana Barroncas, o conteúdo foi pensado de forma a habilitar essas mulheres a cobrarem e agirem da forma correta em caso de violação de direitos.

“A UEA deu todo o suporte para que tornássemos possível esse projeto juntamente com equipe técnica. Os professores voluntários vão trazer informações de qualidade, prestando seus conhecimentos sobre como funciona a rede, os tipos de violência, as unidades de atendimento e educação previdenciária. De todas as formas essa mulher vai estar municiada de informações para exigir os seus direitos e saber se estão sendo violados”.

Para mais informações sobre o curso, a Secretaria Executiva de Políticas Para Mulheres disponibiliza o número (92) 98484-2207.

Fotos: Divulgação/Sejusc.




Postar um comentário

0 Comentários