Motorista de aplicativo que foi sequestrado e brutalmente agredido, morre após 2 dias em hospital - O CHEFÃO DA NOTÍCIA

Breaking

Publicidade

terça-feira, 20 de outubro de 2020

Motorista de aplicativo que foi sequestrado e brutalmente agredido, morre após 2 dias em hospital



O motorista de aplicativo José Roberto da Silva Ferreira, de 42 anos, morreu na noite desta terça-feira (20), dois dias após ter sido encontrado ferido após um sequestro que acabou em uma brutal sessão de espancamento contra o trabalhador.

Sequestro do Motorista
Na noite do último sábado (17), ele saiu para trabalhar como motorista de aplicativo e chegou a ficar desaparecido, após ser raptado e roubado. O motorista foi encontrado ferido principalmente na cabeça e desacordado, na manhã do domingo (18), no Ramal da Gisela, na zona Leste de Manaus.



José Roberto faleceu no hospital Rio Negro, no bairro Aparecida, zona Sul de Manaus, após ter sido transferido do Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, na avenida Cosme Ferreira, zona Leste de Manaus. O motorista de rota rodoviária e que também trabalhava como motorista de aplicativo nas horas vagas, para complementar a renda, era casado e deixa dois filhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário