Polícia Civil do Amazonas desarticula organização criminosa responsável por roubos, furtos e clonagem de motocicletas - O CHEFÃO DA NOTÍCIA

Breaking

Publicidade

quinta-feira, 22 de outubro de 2020

Polícia Civil do Amazonas desarticula organização criminosa responsável por roubos, furtos e clonagem de motocicletas



A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFV), com apoio do 11º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e da Secretária de Estado de Administração Penitenciária (Seap), deflagrou, na manhã de quarta-feira (21/10), a operação “Zodíaco”, que resultou na desarticulação de organização criminosa responsável por roubos, furtos e clonagem de motocicletas.

Sob a coordenação dos delegados Cícero Túlio e Rondon Junior, titulares da DERFV e do 11º DIP, respectivamente, a ação cumpriu 12 mandados judiciais, entre prisão e busca e apreensão. Na ocasião, 11 indivíduos foram presos e foram apreendidos três motocicletas, uma picape, dois automóveis, além de diversos documentos.



“As diligências para a desarticulação desse grupo iniciaram há seis meses e, por meio de análises investigativas, tomamos conhecimentos de que essa organização trabalha há mais de dois anos nesse ramo criminoso. E só nesse ano de 2020, já foram somadas 100 motocicletas roubadas por eles”, explicou o delegado Cícero Túlio.

Conforme o delegado titular da DERFV, o grupo criminoso é responsável por determinar roubos e furtos de motocicleta em Manaus, com a finalidade de adulterá-las e cloná-las, para, posteriormente, serem encaminhadas para os interiores do estado, principalmente para Urucurituba (distante 208 quilômetros em linha reta da capital) e Autazes (distante 113 quilômetros em linha reta da capital).



“Autazes e Urucurituba eram de preferência da quadrilha, pois um dos integrantes trabalhava em uma embarcação que fazia a rota entre Manaus e esses dois municípios. Com isso, esse indivíduo facilitava o transporte dos veículos roubados e adulterados”, explicou o titular.

De acordo com o titular, Marcos Gabriel, Matheus Dias, conhecido como “Mascote”; Raiff Silva e Geraldo Nogueira, conhecido como “Lutador”, são apontados como os líderes da organização criminosa. Ainda segundo o delegado da DERFV, os indivíduos ostentavam, nas redes sociais, várias motocicletas, carros de luxo, dinheiro e festas, decorrentes de práticas ilícitas.



Com informações da autoridade policial, a organização criminosa era dividida em três núcleos:

Gerencial – Responsável por liderar o bando, determinando os roubos e furtos de veículos, além de encaminhá-los para serem clonados e, posteriormente, revendidos e remetidos para o interior do estado;

Operacional – Responsável por realizar os roubos e furtos, bem como a clonagem dos veículos;



Logístico – Responsável por revender as motos e intermediar a remessa das motocicletas, já clonadas, para o interior do Amazonas pela via fluvial.

Segundo Túlio, essa operação recebeu o nome de “Zodíaco” em alusão aos 12 alvos da ação.

Material apreendido - Na residência de Marcos e “Mascote”, foram encontrados documentos falsificados; com Geraldo foi apreendida uma motocicleta roubada; com outros dois integrantes do grupo, não identificados, foram apreendidas duas motocicletas contendo restrição de furto e adulteradas, além de dois automóveis de passeio e uma pick-up com indícios de adulteração.

Procedimentos – Os indivíduos serão indicados pelos crimes de organização criminosa, furto qualificado, alteração de sinal identificador, associação criminosa e receptação qualificada. Após os procedimentos cabíveis, eles serão encaminhados para a Central de Recebimento e Triagem (CRT) e ficarão à disposição da Justiça.

FOTOS: Erlon Rodrigues/PC-AM

Nenhum comentário:

Postar um comentário