Ao lamentar morte de Maradona, prefeito diz que ex-jogador é ‘um dos maiores atletas do século 20’

Ticker

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Ao lamentar morte de Maradona, prefeito diz que ex-jogador é ‘um dos maiores atletas do século 20’



O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, lamentou a morte do ex-jogador de futebol Diego Armando Maradona, 60, a quem chamou de “um dos maiores atletas do século passado”. O argentino morreu nesta quarta-feira, 25/11, de parada cardiorrespiratória, na cidade de Tigre (Argentina).

“Uma figura notável. Diego Maradona é um dos maiores astros do futebol de todos os tempos. Ele detinha, ao mesmo tempo, técnica e explosão ao jogar, sendo cada uma dessas qualidades mais genial do que a outra. Por mim, Maradona nem teria envelhecido, estaria jogando. Infelizmente, por atitudes de sua própria cabeça, encurtou a sua vida. Deus nos dá o livre arbítrio, e ele usou seu livre arbítrio para tomar aquelas medidas que não o ajudaram na longevidade, na preparação para uma velhice saudável, sadia, mas merece a homenagem de Manaus, do nosso povo”, declarou Arthur Neto.

A primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro também lamentou a morte do atleta. “Diego Maradona foi um dos maiores de seu tempo. Jogador brilhante, despertou em uma nação e no mundo o amor pelo futebol, pela arte de jogar. Viveu glórias e lutas em sua vida e em sua carreira. Hoje, descansou precocemente. Neto é um grande admirador de futebol e eu aprendi um pouco mais com ele a gostar desse esporte de grandes paixões. Peço a Deus que receba o Maradona em sua morada. Minhas condolências à família, amigos, ao povo argentino e aos fãs do futebol”, disse.

Formado nas categorias de base do clube Argentino Juniors, Maradona fez sucesso no futebol argentino, europeu, e principalmente na seleção argentina, onde conquistou a Copa do Mundo de 1986, no México, tendo um desempenho considerado por especialistas como um dos melhores de todas as Copas.


Postar um comentário

0 Comentários