Manaus - com venda investigada pelo MP, Atlético Rio Negro Clube avaliado em R$ 9 milhões vai a leilão - O CHEFÃO DA NOTÍCIA

Breaking

Publicidade

quinta-feira, 5 de novembro de 2020

Manaus - com venda investigada pelo MP, Atlético Rio Negro Clube avaliado em R$ 9 milhões vai a leilão



MANAUS – Investigada pelo MP-AM (Ministério Público do Amazonas), a venda da sede do Atlético Rio Negro Clube, na Praça da Saudade, no Centro de Manaus, ocorrerá em leilão no dia 30 deste mês. O imóvel está na relação dos bens que serão vendidos pelo TRT 11 (Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região – Amazonas e Roraima) divulgada nesta quinta-feira, 5.

O prédio é tombado pela Câmara Municipal de Manaus e o MP apura se há irregularidade no processo. Conforme o órgão de controle, há pressão para a venda.

A sede do Rio Negro possui salão de dança, de reuniões, sala de jogos, bares, restaurante, banheiros, um parque aquático com duas piscinas, ginásio coberto com academia de ginástica e ainda uma piscina de hidroginástica. O imóvel está avaliado em R$ 80 milhões e será leiloado para o pagamento de dívidas trabalhistas de R$ 9 milhões.

Este será o último leilão público virtual de bens penhorados. O valor arrecadado será utilizado para o pagamento de dívidas trabalhistas em processos que tramitam no TRT11 e que já estão na fase de execução, ou seja, quando já houve condenação, mas o devedor não cumpriu a decisão judicial.

Os leilões serão realizados exclusivamente pela internet, no endereço eletrônico www.amazonasleiloes.com.br, às 9h30.



Serão leiloados itens de 14 processos que incluem apartamento, ônibus escolar, maquinário, veículos, móveis, computadores, televisores, centrais de ar-condicionados, geladeira, computadores, freezers, mesas e cadeiras, entre outros bens.

Outro imóvel de grande valor que será leiloado está situado à Rua Emílio Moreira, número 1550, Praça 14 de Janeiro, com uma área de 547,08 metro², avaliado em R$ 1,5 milhão.

Visita aos bens
Os bens podem ser visitados antes do dia marcado para o leilão, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, nos endereços e telefone de contato: na Rodovia Manoel Urbano, Número 7, na Zona Rural, em Iranduba (AM), telefone (92) 98159-7859, para processos cujo Juízo da execução é no Amazonas; e na Rua Três Marias, N/139, Bairro Raiar do Sol, Boa Vista (RR), telefone (92) 98159-7859, para bens de processos cujo Juízo da execução é em Roraima.



O arrematante deve pagar sinal de 25% no ato da arrematação, além da comissão de 5% do leiloeiro, com acréscimo de 1% se tiver havido remoção do bem para depósito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário