Nove marcas de azeite estão proibidas de vender no Brasil

Ticker

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Nove marcas de azeite estão proibidas de vender no Brasil



A proibição dos azeites é um desdobramento de operação da Polícia Civil.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) do governo Jair Bolsonaro proibiu, nesta terça-feira (17), a comercialização de nove marcas de azeite.

Os produtos são investigados como fraudados e falsamente declarados como azeite de oliva extra virgem.

Os investigados criavam as marcas, supostamente importadas, e colocavam para venda no mercado nacional.

As marcas sob investigação, que seriam rótulos fictícios, são: 
 
* Casalberto
* Conde de Torres
* Donana (Premium)
* Flor de Espanha
* La Valenciana
* Porto Valência
* Serra das Oliveiras
* Serra de Montejunto
* Torezani (Premium)

A Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS) foi comunicada sobre a proibição.

A determinação do Ministério da Agricultura é um desdobramento de operação da Polícia Civil do Espírito Santo.

Fonte: Renova Mídia


Postar um comentário

0 Comentários