Supremo manda Pensilvânia separar votos recebidos antes e após eleição - O CHEFÃO DA NOTÍCIA

Breaking

Publicidade

sábado, 7 de novembro de 2020

Supremo manda Pensilvânia separar votos recebidos antes e após eleição



O juiz Samuel Alito, da Suprema Corte dos Estados Unidos, decidiu, nesta sexta-feira (6), que a Pensilvânia deve contar de forma separada os votos recebidos antes e depois do dia da eleição.

A decisão está de acordo com a orientação da secretária de Estado da Pensilvânia, Kathy Boockvar, e vai valer para todos os condados do Estado.

A palavra final sobre a validade dos votos recebidos após o 3 de novembro, dia da eleição, será dada pela Justiça.

A decisão pela contagem separada é uma vitória para a campanha do presidente Donald Trump, que segue alertando para fraudes do Partido Democrata através do voto por correspondência.

O posicionamento do Supremo permite que seja possível organizar o cumprimento de uma eventual decisão no sentido de invalidar esses votos.

Fonte: Renova Mídia


Nenhum comentário:

Postar um comentário