Conecte-se Conosco

Brasil

Roberto Fendt, o secretário especial de Comércio Exterior, diz que Brasil não ganhou nada na aproximação com Trump

Publicado

em

Roberto Fendt, o secretário especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia, afirmou nesta sexta-feira, 18, que o Brasil não ganhou nada com os acordos assinados recentemente com os EUA, relata o Estadão.

“Se me prometerem que não vão contar ao presidente [Jair Bolsonaro] o que vou contar agora… mas o protocolo é bom para eles [os EUA]”, afirmou o secretário, em evento virtual da Sociedade Nacional de Agricultura sobre comércio exterior.

“Não ganhamos nada com a aproximação com o presidente [Donald] Trump”, acrescentou Fendt.

Segundo o secretário de Paulo Guedes, os acordos assinados por Brasil e EUA no fim de outubro, que tratam de facilitação do comércio, boas práticas regulatórias e combate à corrupção, não trouxeram ganhos ao país.

“Nesse mesmo ato, celebrou-se abertura de linha de crédito nos EUA. Para quem? Para os exportadores americanos. O que nós ganhamos? Muito pouco.” 

Na época da assinatura dos acordos, Bolsonaro afirmou que eles reduziram a burocracia e trariam “ainda mais crescimento” para o Brasil.