LightBlog

quarta-feira, 9 de dezembro de 2020

Conselheiros do TCE-AM recebem prefeito eleito de Manaus



O presidente do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), conselheiro Mario de Mello, o vice-presidente do TCE-AM, Júlio Cabral, e os conselheiros Josué Filho, Érico Desterro, Júlio Pinheiro e Yara Lins dos Santos, receberam, nesta quarta-feira (9), o prefeito e vice-prefeito eleitos em Manaus, David Almeida e Marcos Rotta, respectivamente, para tratar sobre o processo de transição da gestão municipal.

Integrantes da Comissão de Transição do prefeito eleito participaram da reunião oficial, que contou com a presença do secretário-geral de Controle Externo, Jorge Lobo.

A reunião no gabinete da presidência durou pouco mais de 60 minutos e vários assuntos foram abordados no encontro. “Recebemos a visita institucional do prefeito eleito de Manaus e do vice-prefeito, em visita oficial, que nos pediu apoio no processo de transição na gestão municipal. O Tribunal de Contas continuará vigilante nas contas públicas, especialmente nesse período de pandemia que ainda assola todos nós, para resguardar os recursos públicos e fiscalizar a correta aplicação dos valores”, garantiu o presidente do TCE-AM, conselheiro Mario de Mello, que convidou os demais membros do colegiado para o encontro.

Representação — Durante a visita institucional, o prefeito eleito, David Almeida, ressaltou a preocupação com as contas públicas, sobretudo em relação as licitações, e pediu apoio da Corte de Contas para os trabalhos de transição na gestão municipal.

“Nossa visita foi para estreitar a relação com o Tribunal de Contas e para externalizar a preocupação com as contas públicas e com despesas que estão sendo realizadas e que extrapolam o fim do mandato. Receberei uma prefeitura com orçamento menor e obrigações já contratadas pela gestão anterior”, disse o prefeito eleito, David Almeida, ao relembrar que o TCE, em outras ocasiões, fez recomendações à administração municipal de Manaus.

Na oportunidade, o prefeito eleito informou aos conselheiros, em especial à relatora das Contas da Prefeitura de 2020, Yara Lins dos Santos, que ingressará com uma representação, nas próximas horas, para que recomende à Prefeitura de Manaus que se abstenha de realizar despesas que ultrapassem 31 de dezembro de 2020.

Foto: Ana Claudia Jatahy


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LightBlog