Coquetel de lançamento do livro infantil Cadú e a Bactéria Verde

Ticker

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Coquetel de lançamento do livro infantil Cadú e a Bactéria Verde



A Jornalista, diretora, produtora, cantora e roteirista Lívia Prado lançará seu primeiro livro de infantil chamado “Cadú e a Bactéria Verde”, no próximo dia 29 de dezembro no Centro Cultural Palácio Rio Negro, às 16h em um Coquetel para convidados e imprensa.

Cadú e a Bactéria Verde é um conto de um garotinho indígena da Tribo Saterê Maué, que foi encontrado bebê na floresta Amazônica por um casal de pesquisadores, e passou sua vida na cidade grande, onde adquiriu hábitos de uma criança comum. Quando seus pais adotivos retornaram a floresta para fazer novas expedições, Cadú os acompanhou e descobriu algo incrível sobre sua origem, ele descobriu que possuía uma forte conexão com os animais e seres místicos da natureza, devido carregar consigo uma nova bactéria inédita que poderá mudar o mundo.

A autora buscou inspiração para a criação do personagem a partir de uma turnê de shows do projeto Pixinguinha que realizou pelo interior do Amazonas, onde resgatou o imaginário de histórias e lendas contadas por sua avó moradora da cidade de Maués, a partir daí iniciou uma série de pesquisas sobre as tribos indígenas originárias da região. Com essas informações e influências da floresta que surgiu o Cadú e a bactéria verde.

Educação Ambiental

Indicado para crianças da faixa etária do ensino fundamental, o livro nasce da necessidade da autora em introduzir no universo infantil, uma referência para promover a educação ambiental em sua formação didática. A obra será lançada em formato físico e em áudio-book e distribuído gratuitamente para escolas públicas e bibliotecas da capital Amazonense.

“As crianças precisam entender o que está ocorrendo com nossos índios. O nosso mundo começa a entrar em colapso por conta dos problemas ambientais, e os Saterê Maués são o exemplo dessas etnias que simplesmente estão desaparecendo. O Cadú traz para o imaginário infantil esses contos místicos, para que as crianças comecem a perceber nossa atual realidade e tratar isso com outro olhar. Nossos indígenas precisam de ajuda e tem que ser agora, tem que ser urgente”, relata a autora.

“Tenho vários personagens prontos, que são protetores da Amazônia e em breve irei transformar em animação seriada. São 100 crianças especiais, escolhidas por Tupã com a missão de equilibrar o homem e a natureza. Uma delas é Sareuna, uma das irmãs que também está perdida. Outros personagens irão surgir a cada nova aventura, o próximo livro já tem título "Cadu e o sol escondido do Vulcão Misti”, que narra uma incrível viajem a Amazônia Peruana.” Complementa Lívia Prado.

O prefácio é assinado por Dori Carvalho e o escritor relata que Cadu é uma obra literária que mistura a realidade e a fantasia. Que ao mesmo tempo que encanta, nos ensina e faz sonhar.

Livro é vencedor do Prêmio Manaus de Conexões Culturais 2020 – Lei Aldir Blanc com o apoio da Prefeitura de Manaus e Governo Federal e será lançado ao público no dia 29 de dezembro no Centro Cultural Palácio Rio Negro.

SERVIÇO

O QUE: Lançamento do Livro “Trilogia do Artista – Peças de Lívia Prado”.
QUANDO: 29 de dezembro de 2020 às 16h.
ONDE: Centro Cultural Palácio Rio Negro, Rua Sete de Setembro, 1546, Centro. Manaus – AM.
QUANTO: Gratuito


Postar um comentário

0 Comentários