LightBlog

terça-feira, 15 de dezembro de 2020

Debates no plenário da Aleam abordam Covid-19, filiações e ações do governo



Depois das votações no plenário da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), nesta terça-feira (15), o presidente da Casa, deputado Josué Neto (Patriotas) convocou o Grande Expediente abrindo os debates em plenário. Entre os assuntos levantados pelos deputados, a Covid-19 ainda tem destaque, mas também abordaram a lei que proíbe aumento da conta de energia elétrica na pandemia, os gastos do governo estadual e as mudanças de filiação partidária ocorridas hoje. O deputado Josué Neto anunciou sua filiação ao Patriotas e o deputado Fausto Jr. ao MDB, do qual será o novo líder no plenário.

O deputado João Luiz (Republicanos) subiu à tribuna para pedir que a lei que proíbe o reajuste da tarifa de energia elétrica no Amazonas seja sancionada pelo Governo. “Faz 15 dias que esta Casa aprovou essa lei. Queria pedir que o governo olhe com carinho e sancione a lei que vai ajudar muitos amazonenses, já que ninguém aguenta mais tanto reajuste. Se não houver a sanção, que essa lei retorne à Aleam para que nós possamos promulgar”, apelou.

Wilker Barreto (Podemos) voltou a criticar os gastos do governo do Estado com os festejos natalinos enquanto afirma que não há dinheiro para adquirir vacinas. “Nós ingressaremos, eu e deputado Dermilson Chagas, com medidas cautelares junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM) solicitando a suspensão de despesas com o Peladão e com construção e desmonte de árvores de natal. O governo diz que não tem dinheiro para comprar vacinas. Isso é um contrassenso”, denunciou. Barreto leu o Decreto governamental n.° 42.146 de 31 de março de 2020, que em seu inciso 3º diz que “fica vedada a realização ou contratação de novos serviços que o resultem no aumento de gastos, excetuando as relacionados ao enfrentamento da emergência decorrente do novo coronavírus (Covid-19)”.

Alessandra Campêlo (MDB) falou sobre os 16 caminhões-baú que o governo do Estado entregou para que sejam utilizados no escoamento da produção agrícola do interior. A parlamentar alertou para a tramitação de uma Proposta de Emenda à Constituição do Estado (PEC) que, segundo ela, inviabilizará o governo estadual. Alessandra sugeriu uma mudança no texto para acabar com a proposta de remanejamento para 4%. “As áreas que mais remanejam são Saúde e Educação, que envolvem valores vultosos. Diminuir a 4% é inviabilizar a Saúde e Educação no estado para o ano que vem”, afirmou.

A deputada Therezinha Ruiz (PSDB) destacou as notícias sobre a Escola Municipal Sérgio Pessoa que está entre as cinco melhores escolas municipais do Norte e Nordeste, com destaque nacional pelo trabalho de gestão da unidade escolar. “Quero parabenizar toda a equipe de gestão e administração da escola, através dos trabalhos com os pais”, declarou.

Fausto Jr. (MDB) se disse agradecido pelo tempo que passou à frente do PRTB, junto com o deputado Josué Neto (Patriotas) e agradeceu ao presidente nacional do PRTB, Levy Fidelix, mas afirmou que é com alegria que ele se filiou ao MDB. “Não faltará vontade da minha parte em contribuir para o engrandecimento do partido em Manaus e interior do estado”, afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LightBlog