Ticker

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

HOMENAGEM - Ruas do Comércio 1 e 2 passam a se chamar Dona Vivi Marques, em homenagem à mãe do ministro Mauro Campbell



As ruas do Comércio 1 e 2, no conjunto Castelo Branco, bairro Parque 10 de Novembro, famosas pelo centro popular de compras na zona Centro-Sul, reunindo desde uma feira até lojas de vários segmentos, bares e restaurantes, agora vão se chamar rua Dona Vivi Marques, em homenagem à Victorina Campbell Marques, mãe do ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Mauro Campbell Marques.

A mudança de nome da via foi autorizada pela Lei 2.685, de 9 de outubro de 2020, fruto de um projeto de lei do vereador Gilmar Nascimento e sancionada pelo prefeito Arthur Virgílio Neto, sendo oficializada nesta segunda-feira, 7/12, pelo prefeito Arthur Neto, com a presença do filho da homenageada, que veio a Manaus especialmente para esse evento e para a inauguração do Cime Viviane Marques Rodella, no Lago Azul.

A homenagem e o simbolismo do ato também se fazem presentes no encontro da agora rua Dona Vivi Marques com a rua Maneca Marques, marido da homenageada. “Chamo de encontro de corações, porque a dona Vivi se casou com o Maneca e, por uma coincidência que nem sempre se pode comandar, em algum momento a morte os separou e, agora, eles se encontram na geografia da cidade. Dona Vivi e seu Maneca estarão juntos, para sempre”, disse o prefeito.

O ministro agradeceu o prefeito e disse que os seus pais sempre viveram no Parque 10 e sempre cuidaram do bairro. “A gratidão não é só da minha família, é dos moradores do bairro, porque todos eles sabem o carinho e a dedicação que meus pais tiveram por esse bairro”, disse Mauro Campbell Marques.

A antiga rua do Comércio recebeu, durante toda a gestão do prefeito Arthur Neto, cuidados especiais, como a revitalização da rua e da feira, com profissionalização dos permissionários, que receberam cursos e treinamentos no manuseio de alimentos e outros produtos e também a padronização de uniformes e uso de artigos de proteção, como luvas e tocas conforme as normas de higiene e sanitização. Recentemente, a rua recebeu nova requalificação asfáltica.

‘Casarão da Inovação’
O prefeito também levou o ministro para conhecer o Casarão da Inovação Cassina, no Centro Histórico de Manaus. O prédio do antigo hotel Cassina, também em sua época de decadência conhecido como Cabaré Chinelo, foi totalmente restaurado, mantendo a fachada histórica, combinado com o projeto de linhas modernas em seu interior, integrando um paisagismo de preservação das espécies que ali existiam.



O local agora é o celeiro da economia 4.0 e empreendedora, dando espaços a projetos de inovação tecnológica e startups voltadas, especialmente, para os jovens. É o primeiro centro de inovação tecnológica da região Norte e um marco na criação do Polo Digital de Manaus.

“Inicialmente, o Casarão tem espaço para, ao menos, cem startups. Então, dá para trabalhar muito bem essa inserção de Manaus na economia 4.0, junto com o Centro de Controle da Cidade, que é a consolidação da cidade inteligente. O novo prefeito vai ter muita condição de governar essa cidade, tendo todas as informações nas mãos para dar respostas rápidas”, disse o prefeito.

O prefeito também ressaltou que foi uma honra apresentar o Casarão ao ministro Mauro Campbell, juntamente com as outras obras de restauro feitas no sítio histórico Manaus, que tem ainda o Museu da Cidade, o novo Centro de Arqueologia e a praça Dom Pedro II, todos restaurados e ressignificados durante a sua gestão.

“Foi o que sempre quisemos, recuperar o centro histórico, é um investimento impagável, recuperar a história da nossa cidade. É um movimento que está acontecendo no mundo inteiro. E esse espaço destinado à tecnologia é fundamental para o nosso futuro. Aqui é um celeiro, temos que mostrar para o mundo que temos floresta, temos onças e toda a riqueza de flora e fauna e também temos mentes brilhantes, temos inteligência”, destacou o ministro.

Fotos – Alex Pazuello / Semcom

Postar um comentário

0 Comentários