LightBlog

quarta-feira, 23 de dezembro de 2020

SERVIÇO PÚBLICO - Prefeito Arthur Neto dá posse a procuradores, auditores fiscais, técnico e assistentes aprovados em concursos para PGM e Semef



O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, empossou nesta quarta-feira, 23/12, seis aprovados no concurso da Procuradoria Geral do Município (PGM) para o cargo de procuradores do município de 3ª classe, além de quatro auditores fiscais de tributos municipais, um técnico fazendário e mais quatro assistentes fazendários aprovados em concurso público da Secretaria Municipal de Finanças e Tecnologia da Informação (Semef). A cerimônia foi realizada no Centro de Controle da Cidade (CCC), com as presenças da presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro; do procurador-geral do Município, Rafael Albuquerque de Oliveira; da secretária da Semef, Mariza Gentil; e de todos os empossados.

“Quando cheguei à prefeitura pela primeira vez, quem ocupava os cargos que hoje vocês estão ocupando, via concurso, eram os filhos de pessoas conhecidas, desempregadas e nomeadas por apadrinhamento e isso amesquinhava o serviço público e, em poucos meses, promovemos um concurso que abrangia essas duas áreas, a jurídica e a financeira”, lembrou o prefeito.



O certame para a PGM, realizado após 12 anos do último concurso, foi aberto em janeiro de 2018 e realizado em maio do mesmo ano, com a participação de 3.511 inscritos. Os candidatos passaram por seleção rigorosa, dividida em três fases: provas objetivas, discursivas e avaliação de títulos, executadas pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), considerado um dos institutos mais respeitados do país.

“Eu recebo vocês com muito agrado, porque nos faz lembrar um tempo de muito idealismo e o realismo que implantamos. Temos um plano estratégico, que está sendo cumprido à risca e isso mostra que é possível, sim, governar com planejamento. Eu quero passar para vocês esse sentimento de dever cumprido, tudo dentro da Lei de Responsabilidade Fiscal, que para mim é uma das coisas mais importantes que este país conquistou. Estou feliz de receber vocês, de saber que vocês estão seguindo uma nova carreira e que são pessoas preparadas”, disse o prefeito, após a assinatura dos termos de posse.

O procurador-geral do Município, Rafael Albuquerque de Oliveira, resgatou a histórica relação do prefeito Arthur Neto com o empoderamento da PGM. “Em sua primeira gestão como prefeito, ele estruturou a PGM e ali o estadista percebia a necessidade de o município ter um órgão jurídico forte. E, nesses dois últimos mandatos, pela primeira vez na história de Manaus, ele nomeou como procurador-geral uma pessoa de carreira, primeiro com o Marcos Cavalcanti e depois comigo. Parece pouco, mas é um gesto de absoluta importância”, destacou o procurador-geral, que entregou uma placa de reconhecimento pela valorização dada pelo prefeito Arthur Neto à carreira.



Rafael Albuquerque também ressaltou a emoção e a responsabilidade dos novos empossados. “Estamos recebendo novos colegas de trabalho. Hoje sinto junto com vocês a mesma emoção que senti quando assumi o cargo de procurador-geral. Que vocês se realizem tanto quanto eu me realizo neste cargo. Tenho gratidão ao homem público que fez tudo o que podia ser feito ao alcance dos ombros e da visão dele, que é o prefeito Arthur Neto”, afirmou.

Os novos procuradores são: Thiago Calandrini de Oliveira dos Anjos, João Afrânio Montenegro Júnior, Ricardo Kaneko Torquato, Samuel Hebron, Clarindo José Lúcio Gomes Júnior e Renata Maria Rocha de Vasconcelos Lucena. Eles entram na vaga de terceira classe, sendo promovidos dentro da função por tempo de atividade e merecimento.

Em nome dos procuradores, o recém-empossado Samuel Hebron leu o juramento e Ricardo Kaneko Torquato fez o discurso de posse. “Em 2020, a humanidade encarou o desafio do isolamento e confirmou que somente é possível vencer juntos. Registro meu respeito e solidariedade às vítimas da pandemia e reconhecemos o duro trabalho para minimizar e até mesmo eliminar as perdas, e a PGM teve papel fundamental na garantia dos direitos tão caros à sociedade. Parabenizamos, publicamente, o prefeito e o procurador-geral”, disse Samuel. Para ele, a advocacia pública é uma missão e exige muito esforço e não há vitória sem o comprometimento de todos. “Que não esqueçamos que somos servidores públicos”, concluiu.

O município irá ganhar com as novas contratações, que reforçam a parte jurídica da Prefeitura de Manaus, atuando em defesa dos interesses da municipalidade e permitindo que as demandas do município sejam atendidas com mais celeridade.

Semef
Tomaram posse, ainda, quatro novos auditores fiscais de tributos municipais: Gabriel Carneiro de Castro; Eduardo Matos da Silva; Douglas Bandeira de Melo Akel Thomaz; Jessika Loureiro Zamith, além de um técnico fazendário: Humberto Pires de Carvalho, e mais quatro assistentes fazendários: Caio Maciel Viana; Lucas Gonçalves da Silva; Bruno Machado Moreira e Ivanildo Amorim Lima.



“A emoção que vocês estão sentindo, eu conheço muito bem. É uma felicidade estar aqui como gestora dando posse para vocês. É importante que, cada dia que vocês forem ao trabalho, estejam felizes, pois o trabalho de vocês reflete na vida das pessoas, o retorno é grandioso. Sejam humildes, porque sempre é importante aprender e sejam extraordinários fazendo algo que se destaca no conjunto de seu trabalho”, disse, bastante emocionada, a secretária da Semef, Mariza Gentil.

Em nome dos novos auditores, Douglas Bandeira de Melo Akel Thomaz leu o juramento e Gabriel Carneiro de Castro fez o discurso de posse, enfatizando que os empossados estão cientes da responsabilidade que estão assumindo. “É com alegria, mas com essa consciência, que somos nomeados e empossados. Estamos cientes de que o esforço individual como auditores fiscais, não está nem próximo dos desafios que a população enfrenta. Então temos a responsabilidade de fazer o melhor possível”, salientou.

Assim como a PGM, a Semef também ganha reforço no quadro de funcionários, nesta quarta-feira, com a posse de nove candidatos aprovados no concurso da secretaria realizado em maio de 2019. O decreto de nomeação e o edital de convocação dos aprovados foram publicados no Diário Oficial do Município (DOM) dos dias 11 e 14 de dezembro, respectivamente.

O concurso da Semef ofereceu 50 vagas para preenchimento de cargos efetivos e formação de cadastro de reserva, entre elas: 10 vagas para auditor fiscal, 11 para técnico fazendário e 29 para assistente fazendário. Segundo informações da Comissão de Concurso da Semef, os outros aprovados classificados serão convocados conforme a adequação orçamentária da secretaria ou substituição de seus servidores em processo de aposentadoria.

Fotos – Valdo Leão/Semcom

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LightBlog