Ticker

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

TURISMO - Prefeito reabre Museu da Cidade para visitas agendadas e propõe novo nome em homenagem a Óscar Ramos



O Museu da Cidade de Manaus, localizado no Paço da Liberdade, estará aberto à visitação pública a partir desta segunda-feira, 21/12, mediante agendamento e obedecendo aos novos protocolos de enfrentamento à pandemia de Covid-19. A reabertura foi feita pelo prefeito Arthur Virgílio Neto, acompanhado da primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, e do diretor-presidente da Manauscult, Bernardo Monteiro de Paula. O prefeito anunciou que está propondo à Câmara Municipal de Manaus (CMM) que o Museu da Cidade passe a se chamar Óscar Ramos. Outra novidade é que o parque municipal do Mindu também será reaberto para visitação agendada.

“O primeiro símbolo que fiz na direção da recuperação do centro histórico foi ter feito a primeira reunião de secretários no Centro Cultural Palácio Rio Branco. Já demonstrava ali minha determinação de resgatar o Centro, fizemos a lavagem das calçadas, do Relógio Municipal, o acordo com os camelôs. Fizemos muita coisa no centro histórico. E nós vamos entregar ao nosso sucessor um aparato muito bom para que, mudando o cenário da pandemia, possa incrementar o turismo”, disse o prefeito.

Arthur ressaltou que está encaminhando à CMM proposta para dar o nome de Óscar Ramos ao Museu da Cidade. “Acho uma homenagem justa e não creio que alguém vai se opor”, afirmou.

O prefeito anunciou, ainda, que vai permitir a abertura do parque do Mindu para a visitação, também adotando os mesmos protocolos de segurança e em número limitado de público.

O museu funcionará agora de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h, com entrada gratuita, e as visitas devem ser agendadas previamente pelo e-mail museu.manaus@gmail.com. Os passeios terão duração de até uma hora, e acontecerão sempre nos horários de 9h, 10h, 11h, 12h, 13h e 14h, com entradas espaçadas e visitas limitadas a dez pessoas por horário, com uso obrigatório de máscaras e respeitando o distanciamento social.



“É o museu mais visitado do país, proporcionalmente, mas teve as visitações suspensas a partir de março. Aproveitamos esse tempo para fazer uma grande manutenção e tomar todos os cuidados para abrir para a visitação. Então será guiada, agendada, todos vão receber proteção facial e desativamos alguns equipamentos para evitar contaminação”, explicou o diretor-presidente da Manauscult, Bernardo Monteiro.

Segundo o diretor-presidente, Manaus passou a ter um museu para chamar de seu e o turismo ganha um grande aparato com todas as obras realizadas no centro histórico. “A gestão do prefeito Arthur Neto investiu fortemente na infraestrutura turística”, disse.

Para agendar sua visita, basta informar no e-mail nome completo, documento de identificação oficial (RG, CPF ou passaporte), telefone para contato, data e horário desejados e a quantidade de pessoas do grupo que fará a visita. A confirmação do pedido será feita por e-mail pela equipe do museu, em até 24 horas úteis.

Protocolos
Durante a visita, entre os protocolos adotados estão a obrigatoriedade do uso de máscara da maneira correta e o distanciamento social entre os visitantes. Além disso, totens de álcool em gel também estarão estrategicamente posicionados em pontos do museu para uso dos visitantes.

A fim de garantir a segurança do público, os equipamentos de interação tecnológica de algumas salas estarão desligados para uso. Guarda-volumes e bebedouros também estarão desativados. Além disso, a visita agora será guiada, seguindo uma determinada rota pelo espaço.



Museu da Cidade
Localizado no coração do centro histórico, o Museu da Cidade de Manaus foi entregue pelo prefeito Arthur Virgílio Neto à população em outubro de 2018, sem custos para a gestão, uma vez que a obra foi realizada por meio da Lei Rouanet. Em seu primeiro ano de atividades, mais de 74 mil pessoas visitaram o local.

O museu conta com a exposição tecnológica permanente “A Cidade de Manaus: História, Gente e Cultura”, com curadoria assinada pelo produtor e diretor artístico Marcello Dantas. Em oito salas, a história da cidade e a identidade do povo manauara são exploradas e contadas por meio de textos, sons e imagens.

O Museu da Cidade está situado no Paço da Liberdade, na rua Gabriel Salgado, Centro, em frente à praça Dom Pedro II.

Centro Cultural Óscar Ramos
Além do Museu da Cidade, o Centro Cultural Óscar Ramos também reabre as portas a partir desta segunda-feira, 21. O local funcionará de segunda a sexta-feira, de 9h às 12h e de 13h às 15h, com entrada gratuita.

Por conta do fluxo menor de visitantes, o agendamento não será obrigatório, mas será permitida a permanência de apenas cinco visitantes, simultaneamente, no local. Os protocolos como uso de máscara e distanciamento social também deverão ser respeitados pelo público.

O Centro Cultural Óscar Ramos está situado nas casas 69 e 77, na rua Bernardo Ramos, Centro. O espaço abriga o acervo do artista visual amazonense Óscar Ramos, morto em 2019, e considerado um dos principais nomes da arte e cultura contemporânea no país.

'Descubra Manaus'
Na ocasião, o prefeito Arthur Neto, em parceria com o Sidia Instituto de Ciência e Tecnologia, também fez o lançamento da plataforma “Descubra Manaus”. Trata-se da primeira plataforma brasileira de soluções turísticas para smart cities, dando uma nova perspectiva para o turismo, tanto para visitantes quanto para os gestores do segmento.

A nova tecnologia irá ajudar a população manauara a ter seus eventos e produtos divulgados em uma escala maior para os turistas que vêm em busca dos eventos locais, shows, roteiros turísticos e da culinária local.

“A plataforma vai estar disponível a partir do dia 25 de dezembro utilizando inteligência artificial e realidade aumentada. Com isso, o turista vai conseguir transitar, fazer sua própria agenda na cidade e o manauara vai poder conhecer muito melhor a sua cidade”, explicou o titular da Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), Marcos Pessoa, que coordenou os trabalhos de desenvolvimento da nova plataforma.

A construção da ferramenta tecnológica envolveu uma equipe de 12 desenvolvedores multidiciplinares do Sidia, que trabalham de forma colaborativa com a prefeitura, por meio da Semtepi, e assim, puderam entender a fundo as reais necessidades daqueles que vêm em busca de entretenimento e conhecimento cultural das riquezas locais.

O coordenador de negócio e inovação do Sídia, Walfran Falcão, disse que a plataforma vai também fornecer informações para a nova gestão, no conceito de Cidade Inteligente. “A inteligência artificial vai promover informações para que o gestor possa tomar decisões e a realidade aumentada vai oferecer ao turismo ou local a possibilidade de simular uma visita pela cidade, por meio de um mapa com todas as atrações turísticas”, explicou.



O "Descubra Manaus” é um canal informativo, no qual as pessoas podem traçar um roteiro personalizado de acordo com o perfil, propósito e tempo de viagem. O usuário pode baixar o mapa da cidade em realidade aumentada e virtual com mais de 30 pontos turísticos. Além disso, a plataforma apresenta o calendário das principais atrações da cidade, shows, teatros eventos, recomendação de restaurantes e muito mais.

Ao chegar a um dos pontos escolhidos, o usuário deverá escanear o QR Code no início do passeio, e a partir disso terá acesso a informações e dados extras sobre a atração, com conteúdos criados por quem vive na cidade. Ao final do passeio, o usuário recebe um dos 12 selos, feitos exclusivamente para a plataforma.

O "Descubra Manaus" poderá ser adquirido por meio do download gratuito para os sistemas Android e iOS.

Fotos – Valdo Leão/Semcom

Postar um comentário

0 Comentários