Conecte-se Conosco

Política

Deputados pedem apuração sobre pressão pela cloroquina em Manaus

Deputados pedem apuração sobre pressão pela cloroquina em Manaus

Publicado

em

Ao menos dois deputados federais entraram com recursos no Ministério Público Federal (MPF-AM) e no Tribunal de Contas da União (TCE-AM) para apurarem a pressão do governo federal em fazer com que a rede pública de Manaus (AM) utilize cloroquina e ivermectina, que não têm comprovação científica contra a covid-19, no tratamento da doença.

Na terça-feira (12), em comunicado enviado à prefeitura da capital do Amazonas, a pasta pediu autorização para visitar as Unidades Básicas de Saúde destinadas a pacientes infectados pelo coronavírus “para que seja difundido e adotado o tratamento precoce como forma de diminuir o número de  internamentos e óbitos decorrentes da doença”.

Em ofício ao TCU, Alexandre Padilha (PT-SP) pede que sejam tomadas providências cautelares  “para que o Ministério da Saúde se abstenha de fazer a recomendação a estados e municípios”.

“No momento em que países já começaram o processo de vacinação da sua população é estarrecedor que o Ministério da Saúde tenha apresentado apenas um arremedo de Plano Nacional de Vacinação, e continua empenhando recursos públicos de grande vulto para oferecer medicamentos que não possuem eficácia científica comprovada contra a Covid-19.”, escreveu Padilha. “Inadmissível tamanha irresponsabilidade com os recursos públicos”, acrescenta.

Leia mais na Carta Capital

Foto: Reprodução