Conecte-se Conosco

Amazonas

Comitê aciona delegacia anticorrupção para investigar suspeitas de fraude na vacinação da Covid

Publicado

em

Com o objetivo de apurar possíveis irregularidades na vacinação contra a Covid-19, o Comitê do Amazonas de Combate à Corrupção e ao Caixa Dois Eleitoral protocolizou, nesta sexta-feira, 22, pedido ao titular da Delegacia Especializada em Combate à Corrupção da Polícia Civil, delegado Guilherme Torres,  para que seja realizado investigação no Estado.

De acordo com a solicitação, o comitê pede ainda que, “em caso de comprovação, que sejam indicadas medidas administrativas e judiciais aos órgãos competentes”.

TCE cobra lista

Em nota distribuída à imprensa na tarde desta quinta-feira, 21, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) cobrou as informações sobre quem são as pessoas vacinadas nessa primeira fase de aplicação da Coronavac, pelo governo do Amazonas e Prefeitura de Manaus, além das prefeituras do interior do Estado. O prazo expirou na tarde de ontem. A partir das 11h desta sexta-feira, o TCE vai se pronunciar sobre o caso e divulgar se recebeu ou não as listas da Prefeitura de Manaus e governo do Estado.

De acordo com o TCE-AM, a intenção  é cruzar informações diante das muitas denúncias de privilégio a pessoas fora dos grupos prioritários. Além disso, há queixas de desvio de doses entre os grupos e municípios. Mediante isso,  o órgão de controle quer bater as listas com a distribuição informada pelo governo do Estado.

Com informações da assessoria de imprensa