Conecte-se Conosco

Brasil

Dono da Havan aprende que covid não é gripezinha e doa oxigênio a Manaus

Publicado

em

Incentivador de aglomerações na pandemia da covid-19, apesar das recomendações contrárias da ciência, o dono da rede de lojas Havan, Luciano Hang, 58 anos, aprendeu na dor que a doença não é apenas uma gripezinha.

Curado do novo coronavírus, ele até deixou aflorar sentimento de solidariedade com quem sofre com a falta de ar provocada pela covid.

Já de alta, nesta quarta-feira, dia 27, ele disse à revista Veja que vai doar 200 cilindros de oxigênio para unidades de saúde de Manaus.

A primeira remessa, com 50 cilindros, será transportada nesta quinta-feira, dia 28.

Foto: Romério Cunha/VPR