FVS-AM divulga Boletim de Vigilância de Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P) no Amazonas

Ticker

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

FVS-AM divulga Boletim de Vigilância de Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P) no Amazonas



A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) divulgou, nesta segunda-feira (11/01), nova atualização de casos de Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P) no Amazonas, por meio do Boletim de Vigilância Epidemiológica. Nesta atualização, sobe para 15 o número de casos registrados da síndrome no Amazonas.

Segundo o boletim, todos os casos foram notificados em Manaus, em razão da cidade possuir uma maior estrutura e recursos diagnósticos. No entanto, segue a distribuição de casos por município de residência: Manaus (11), Tabatinga (02), Careiro (01) e Manacapuru (01).

No Amazonas, entre os casos confirmados de SIM-P, por faixa etária, cinco (33,3%) são crianças menores de um ano, sendo três do sexo feminino e dois do sexo masculino. Outras cinco (33,3%) crianças na faixa etária de 1 a 4 anos, sendo quatro do sexo masculino e um do sexo feminino. Em menor porcentagem (20%), há três crianças na faixa etária de 5 a 8 anos, dois do sexo masculino e uma do sexo feminino. Na faixa etária de 10 a 13 anos, são duas crianças, sendo uma de cada sexo.

O diretor técnico da FVS-AM, Cristiano Fernandes, salienta a importância do olhar diferenciado do profissional de saúde para o diagnóstico da SIM-P em criança ou adolescente. “Diante do cenário de aumento de casos de Covid-19, é essencial a atenção dos profissionais para os pacientes que atendam os critérios clínicos e, assim, garantir o diagnóstico adequado e a investigação necessária”, avaliou.

Dos casos confirmados de Sim-P no Amazonas, dez pacientes apresentaram alta médica, três permanecem internados, sendo acompanhados por uma equipe multiprofissional, e dois evoluíram para óbito.

Monitoramento - Os casos são monitorados por uma equipe composta pela Comissão Estadual de Prevenção e Controle de Infecção em Serviços de Saúde (Ceciss/FVS-AM), do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs/FVS-AM), por meio da Coordenação Estadual de Vigilância Hospitalar (NVEH- FVS-AM); e por equipe formada por médicos infectologistas e pediátricos da Secretaria de Estado da Saúde (SES-AM).

SIM-P – Entre os sintomas da SIM-P, estão: febre elevada e persistente, acompanhada de pressão baixa; conjuntivite; manchas no corpo; diarréia; dor abdominal; náuseas; vômitos; e comprometimento respiratório, cardíaco e gastrointestinal, associado a marcadores de inflamação elevados e evidência de Covid-19.

Referência – A FVS-AM é responsável pela Vigilância em Saúde do Amazonas e atua no monitoramento de doenças no estado. A instituição funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na avenida Torquato Tapajós, 4.010, Colônia Santo Antônio, Manaus. Os números para contato são: (92) 3182-8550 e 3182-8551.

FOTO: Divulgação/FVS-AM

Postar um comentário

0 Comentários