Mais 11 pacientes são transferidos do Amazonas para hospital do Maranhão

Ticker

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Mais 11 pacientes são transferidos do Amazonas para hospital do Maranhão



Mais 11 pacientes de duas unidades de saúde da capital foram transferidos para São Luís (MA) na manhã deste sábado (16/01). O grupo é o terceiro que sai para receber tratamento de Covid-19 em unidades de saúde de outros estados. Ao todo, desde sexta-feira (15/01), embarcaram 32 pacientes para o Piauí e Maranhão.

Os pacientes embarcaram em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) que saiu da Base Aérea de Manaus. A FAB tem atuado na força-tarefa ao lado do Governo do Estado e Ministério da Saúde (MS) no enfrentamento da Covid-19.

Das 11 pessoas que embarcaram, cinco estavam internadas no Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto e seis na Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon). Dois pacientes chegaram a ser levados para a transferência, porém, durante a operação, apresentaram instabilidade e não puderam ser embarcados.

Durante a viagem, os pacientes recebem na aeronave o acompanhamento de uma equipe composta por dois médicos e quatro enfermeiros. No Maranhão, o grupo será levado para o Hospital Universitário de São Luís. 


Segurança – A especialista em Urgência e Emergência da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), Neylane Macedo, destacou o processo de segurança adotado para a viagem dos pacientes.

“O processo de embarque se dá dentro de um protocolo de segurança. Nós trabalhamos primeiro com a classificação desses pacientes pelo complexo regulador, dentro de uma estabilidade clínica, onde esse paciente é classificado pelo médico da unidade e atendido pelo médico regulador da unidade de destino. É um transporte realizado para que o paciente mantenha uma estabilidade desde o embarque até a recepção no hospital de origem”, explicou.

Plano de Cooperação – O Plano de Cooperação entre os Estados foi anunciado pelo governador do Amazonas, Wilson Lima, e foi pensado com base na escassez de oxigênio no Estado para suprir a demanda gerada com o aumento de hospitalizações na rede pública de Saúde, decorrentes da pandemia do novo coronavírus.



Na madrugada deste sábado (16/01), o governador Wilson Lima acompanhou a chegada de 70 mil metros cúbicos de oxigênio, por meio de balsas, oriundo da cidade de Belém (PA). Essa nova remessa vai garantir a retomada do equilíbrio do abastecimento da rede de saúde do estado para os próximos dias e já começou a ser distribuída nas unidades de saúde. O insumo é uma aquisição do Estado por meio da fornecedora White Martins.

FOTOS: Arthur Castro/Secom

Postar um comentário

0 Comentários