Conecte-se Conosco

Política

Governadores da Amazônia cobram leitos e auxílio de Bolsonaro

Publicado

em

O governo de Jair Bolsonaro (sem partido) está sendo cobrado na sua obrigação de combater o coronavírus (covid) e suas consequências para os brasileiros. Neste domingo (7), foi a vez dos governadores dos estados da Amazônia Legal.

Reunidos em consórcio interestadual, governadores de nove estados publicaram carta que enviaram a Bolsonaro e seus ministros para cobrar liberação de leitos do SUS.

Além disso, o presidente é demandado para restabelecer o auxílio emergencial para a população mais prejudicada pelas necessárias restrições a atividades socioeconômicas.  

O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), é um dos que assinaram o documento. Neste momento, em que o estado é dos mais afetados pela segunda onda do coronavírus, ele organiza ampliação de leitos e abastecimento de oxigênio.

De acordo com o consórcio, no pico da pandemia em 2020, o SUS chegou a ter mais de 23 mil leitos nesses estados, mas agora são pouco mais de 3 mil.

Leia mais no G1.