Ticker

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Cacompanhia divulga propostas selecionadas para Festival de Circo ‘Lona Aberta’



A Cacompanhia de Artes Cênicas divulgou, nesta sexta-feira (12/02), o resultado da seleção virtual para o Festival de circo "Lona Aberta". O edital contou com a participação de 161 propostas de 17 estados brasileiros e três países sulamericanos. A lista completa está disponível no site www.cacompanhia.com e também nas redes sociais (@cacompanhia).

O projeto foi contemplado no edital Prêmio Feliciano Lana, que faz parte das ações emergenciais da Lei nº 14.017/2020, conhecida como Lei Aldir Blanc, operacionalizada no Estado através do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa.

O "Lona Aberta" está previsto para o primeiro semestre de 2021, de acordo com as recomendações do governo local a respeito da pandemia de Covid-19.

Para o idealizador do festival, Jean Palladino, a grande procura nas inscrições mostra o potencial da região Norte em produções do segmento, colocando o "Lona Aberta" na rota de grandes festivais do País.

"A equipe toda ficou muito feliz com essa quantidade de inscrições. Foi um ponto muito positivo perceber que essa procura dos artistas é uma confirmação da necessidade de se ter um festival como esse no Amazonas, na região Norte", frisou. "Ficamos felizes pela confiança de muitas companhias que a gente admira, que a gente já visitou e artistas até do ’Cirque du Soleil’ , por exemplo, que se inscreveram".



Selecionados - Foram divulgados os selecionados em seis categorias: Mostra de Variedades, Noite LGBTQIA +,Noite das Mulheres, Mostra Sobrevoos e Quedas, Mostra Xamego de comicidade Preta e Mostra virtual.

Na Mostra de Variedades, os selecionados foram ‘Circo os Kaco’, de Tocantins; ‘Monociclo Girafa’, do Coletivo FusCirco, do Ceará; e ‘Rascunho 37’, da Cia Gravitá, de São Paulo.

Para a Noite LGBTQIA+ foram selecionados ‘A Magia da Arte de ser Drag Queen’, de Drag Magic, de Manaus; ‘Cinderela, Cinderela', de Fábio Luís Venturini, de São Paulo; e Helder Vilela, de São Paulo.

Já a Noite das Mulheres conta com ‘Cadê meu enamorado?’, de Teffy Rojas, de Manaus; ‘Elegia’, de Lisete Farias, de Alagoas; e ‘Turina entre bananas e abacaxis’, da Cia Dela Só, de São Paulo.

Na Mostra de Sobrevoos e Quedas foram selecionados os números ‘Entrelaçar - Twist Dança’, do grupo Espaço Dançar, de São Paulo. ; ‘Manifesta’, de May Yamachi, São Paulo; e ‘Nuvem’, de Jean Winder, de Manaus.



A mostra Xamego de comicidade Preta selecionou ‘Gambiarra & As aventuras do Traca-Traca’, do Palhaço Gambiarra, de Pernambuco; ‘Ode ao Instante’, de Tetê Purezempla, de São Paulo; e ‘O Circo de Pulgas do Bolacha, de Bulacha, artista de Goiás.

A Mostra Virtual contará com o Circo Caramba, Coletivo Nopok, Circo Fulerage, Expressão e Arte Ballet, Coletiva de Palhaças, Ilusionista Paulo Carvalho, Jessica Madonna, Trupebacia, Cucaracha e Teobalda, Kássia Nascimento, Rapha Santacruz, Cia Clandestina e Cia Pé de Cana.

Festival – Em sua primeira edição, o "Lona Aberta" conta com a parceria do Instituto Sol, que oferece apoio a projetos educacionais, sociais, de incentivo à arte, cultura e esporte.

Entre as atrações confirmadas estão o palhaço Tomate, de Buenos Aires, Argentina; a companhia Nós no Bambu, de Brasília; a cineasta e palhaça Mariana Gabriel, neta da primeira palhaça negra do Brasil; a Cia. Fundo Mundo, formada exclusivamente por pessoas transgêneras, travestis e não-binárias; o Circo di SóLadies, formado por palhaças que pesquisam a linguagem cômica na cena teatral; e a artista Jayne Kira, que realiza um trabalho com tecido acrobático em Manaus.

Além de Jean Palladino, o projeto conta com coordenação pedagógica de Francine Marie, coordenação executiva de Taciano Soares, produção de Ana Oliveira, coordenação técnica de Carol Calderaro e produção executiva de Kelly Vanessa.

Fotos: Divulgação

Postar um comentário

0 Comentários