Emoção marca chegada de mais oito recuperados da Covid-19 a Manaus, na madrugada deste sábado (06/02)

Ticker

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Emoção marca chegada de mais oito recuperados da Covid-19 a Manaus, na madrugada deste sábado (06/02)



Mais um grupo de oito pacientes recuperados da Covid-19, que haviam sido transferidos para tratamentos da doença em outros estados, chegaram a Manaus na madrugada deste sábado (06/02). Eles foram tratados nas cidades de Uberaba (MG), Natal (RN), Recife (PE) e Maceió (AL), e desembarcaram no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, onde foram recebidos por uma equipe do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), que realizou o transporte de cada paciente para o seu respectivo domicílio.

Um dos pacientes que recebeu tratamento em Natal, Jocenildo Cerdeira, 52, contou que, assim que soube da possibilidade de ser transferido, aceitou logo, uma vez que isso lhe valeu a vida.

“Eu aceitei de primeira ser transferido e digo para qualquer paciente, se surgir essa oportunidade, segure, pois você será bem cuidado. Foi o que aconteceu comigo e com meus colegas. Graças a Deus estou aqui de novo. Eu renasci”, declarou.



Com as esperanças renovadas, Wanderley da Conceição, 53, que também se curou da Covid-19 em Natal, agradeceu pela ação do Governo.

“Eu não tenho nem palavras para explicar a sensação de voltar para casa com saúde. Só tenho que agradecer ao nosso estado por ter nos enviado, e ao estado de Pernambuco que nos recebeu bem, com um tratamento sensacional”.

Parceria – A ação de transferência de pacientes do Amazonas para outros estados faz parte de uma força-tarefa criada pelo Governo do Amazonas em parceria com o Governo Federal, com o objetivo de melhorar o atendimento na rede estadual de saúde, inclusive em Manaus. Até o momento, 503 pacientes já foram transferidos para seguir com o tratamento em outros estados.

Com a chegada desses oito pacientes, o Amazonas já contabiliza 161 pessoas que passaram por tratamento fora do estado e voltaram recuperadas da doença.

Fotos: Lucas Silva/Secom

Postar um comentário

0 Comentários