Conecte-se Conosco

Amazonas

Voltam a explodir no Amazonas casos de novas contaminações da covid

Publicado

em

Conforme a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), o Amazonas confirmou em testes de 10h de quinta até às 10h de sexta (5) que mais 2.355 pessoas como casos de novas contaminações pelo coronavírus (covid). Assim, o estado alcançou 322,2 mil infectados pelo vírus desde março de 2020.

Além disso, há 35.963 pessoas confirmadas com a doença que são tratadas em casa.

Dentre as consequências do efeito da epidemia, a conta de mortos chegou a 11.299 na sexta, com mais 57 vidas perdidas.

Outra é retratada nas internações, que 1.136 pacientes hospitalizados. Desses, 461 ocupam leitos de UTI.

Dessa forma, a taxa de ocupação das UTI da rede pública estava nesta sexta em 85%, das mais altas do país.

A partir de hoje, a FVS regride a classificação dos 61 municípios do interior do estado quanto à força de transmissão do vírus. Estava em roxa (muito alta) e agora passou para vermelha (alta), a mesma em que já se encontra a capital Manaus.

Este balanço e os do final de semana antecedem, contudo, maior flexibilização de atividades econômicas não essenciais a partir de segunda, dia 8.

Por exemplo, a volta das viagens intermunicipais, tanto de barco quanto de ônibus e táxis. Além disso, outras atividades estão liberadas, como flutuantes, salões de beleza, academias.