Conecte-se Conosco

Política

Governadores pedem apoio para compra de vacinas e denunciam ameaças

Publicado

em

Além de pedir apoio do Senado para a negociação, compra e entrega de vacinas contra a covid-19, os governadores dos estados do Espírito Santo, Renato Casagrande, do Maranhão, Flávio Dino, do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, e de São Paulo, João Dória, denunciaram ameaças a familiares durante manifestações deste final de semana contra as medidas para conter o avanço da pandemia.

Eles participaram nesta segunda-feira, 15, de uma audiência pública remota da comissão de acompanhamento das medidas contra a covid-19.

Os governadores voltaram a apontar a inexistência de uma coordenação nacional que atue para referendar as medidas preventivas aplicadas pelos governos estaduais. E pediram a participação do Senado negociações diplomáticas com outros países para aquisição das vacinas.

Os participantes da audiência integram um grupo de 21 governadores que assinaram uma carta por um pacto nacional entre os poderes da União, estados e municípios no combate à crise.

Para eles, o Senado Federal, tem legitimidade para auxiliar nas relações diplomáticas com outros países para acelerar as entregas das vacinas, inclusive contanto com a solidariedade de organismos internacionais, já que o país se tornou o epicentro mundial da crise sanitária.

Conteúdo e foto: Agência Senado