Conecte-se Conosco

Amazonas

Polícia Civil do Amazonas prende três indivíduos envolvidos em homicídio de criança ocorrido na zona leste

Publicado

em


A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da equipe de investigação da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) cumpriu, na segunda (15/03) e na terça-feira (16/03), mandados de prisão preventiva em nome de Emerson Leão Gonçalves, de 24 anos; Jordan Santos Vaz, 21; e Wilhames Felipe Teixeira de Souza, 28, investigados pelo envolvimento no homicídio de Lohanny Remígio Nascimento, que tinha 8 anos. O crime ocorreu na madrugada de domingo (14/03), por volta das 5h, na rua Joaquim Páscoa, bairro Tancredo Neves, zona leste.

De acordo com o delegado Charles Araújo, titular da Especializada, na ocasião do crime, a vítima estava em sua casa, com sua irmã, mãe e padrasto, no endereço mencionado, momento em que o trio estava tentando assaltar algumas pessoas que estavam em frente a uma residência na vizinhança. O padrasto saiu para ver o que estava acontecendo e se deparou com um indivíduo sendo agredido por populares.

“Wilhames foi alcançado pela população, os outros dois indivíduos conseguiram fugir, porém, momentos depois, retornaram para resgatar o comparsa. Eles efetuaram vários disparos de arma de fogo, e alguns atingiram a criança, que não resistiu e veio a óbito. O padrasto dela também foi alvejado e foi encaminhado para uma unidade hospitalar da capital”, explicou o delegado.

Durante as diligências, as equipes policiais tiveram acesso às câmeras de segurança de um hospital onde os infratores tentaram atendimentos médicos e, com a divulgação dos vídeos, conseguiram efetuar a prisão de Jordan, que aconteceu na tarde de segunda (15/03), no bairro Jorge Teixeira, zona leste. Já Emerson e Wilhames foram presos na manhã desta terça-feira (16/03), na sede da DEHS.

Conforme a delegada Marília Campello, adjunta da Especializada, na tentativa de despistar a polícia, foi realizado um Boletim de Ocorrência (BO), alegando um suposto roubo da motocicleta utilizada na ação criminosa; no entanto, a linha de investigação apontou que se tratava de falsa comunicação de crime.

“Essa motocicleta pertence a um amigo deles e foi emprestada apenas para ser utilizada no crime, e como forma de despistar as investigações, os infratores induziram o dono do veículo a registrar um BO, alegando que a motocicleta havia sido roubada”, disse a delegada.

Procedimentos – O trio irá responder pelos crimes de homicídio qualificado consumado, homicídio qualificado tentado, roubo majorado tentado e falsa comunicação de crime. Após os procedimentos cabíveis na Especializada, eles serão encaminhados à Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficarão à disposição da Justiça.

Fonte: Governo AM

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *