Conecte-se Conosco

Política

Bancada do Amazonas lamenta morte de Major Olímpio

Publicado

em

Brasília – Logo após o anuncio da morte do senador Major Olímpio (PSL-SP), em decorrência de uma morte cerebral depois de ter contraído o novo coronavírus, parlamentares da Bancada Federal do Amazonas no Congresso Nacional, lamentaram a trágica morte do político que atuava na base do governo Jair Bolsonaro, no Senado Federal.

Por telefone, o senador Plínio Valério (PSDB-AM), afirma que aprendeu a gostar do Major Olímpio de uma maneira muito rápida, devido ao jeito alegre e descontraído do político, que na visão dele era um excelente parlamentar.

“A morte do senador Major Olímpio, nos mostra o quanto somos frágeis. Um homem forte, saudável e alegre. Como senador, era um excenlete político. Como amigo, um companheiro leal. Eu aprendi a gostar do major muito cedo. Nós nos divertíamos porque ele falava que em São Paulo ele era inimigo do PSDB e em Brasília era meu amigo, e a gente ria com isso. A nação está de luto ele vai fazer muita falta”, lamentou o tucano com a voz pausada e em tom de tristeza.

O senador Eduardo Braga (MDB-AM) também se pronunciou sobre o ocorrido e disse que o político foi mais um amigo que ele perdeu para o novo coronavírus.

“Notícia triste demais. A lembrança da coragem e determinação do senador Major Olímpio ficará sempre conosco. Que Deus conforte a família e acolha o nosso senador de braços abertos”, disse o emedebista em suas redes sociais.
Omar Aziz (PSD-AM) demonstrou seus sentimentos enaltecendo a trajetória política do major, o enaltecendo como um político combativo, sempre presente na luta por melhores condições na segurança pública.

“Suas convicções seguirão conosco nesta jornada. Aos familiares e amigos minhas condolências”, completou o senador.

Os deputados federais Capitão Alberto Neto (PRB-AM) e Delegado Pablo Oliva (PSL-AM), que assim como Major Olímpio, são ex-militares e atuam na base governista, também manifestaram suas condolências.
Alberto Neto disse ao colega de Congresso que “sua missão aqui na Terra chegou ao fim”, mas que é grato por tudo o que ele fez ao país.

“Eu e nós brasileiros nos sentimos honrados por ter tido você como representante. Meu eterno VP da SISPEN, Senador Major Olímpio, meu muito obrigado”.

Já para Pablo Oliva, a notícia da morte do senador Major Olímpio foi uma surpresa, e, para ele, “o Brasil perde um combatente incansável da corrupção e eu perco um amigo e exemplo de vida. Que Deus conforte a família e todos que amavam nosso guerreiro.