Ibrahimovic volta à seleção da Suécia para Eliminatórias da Copa

Ticker

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Ibrahimovic volta à seleção da Suécia para Eliminatórias da Copa



O atacante Zlatan Ibrahimovic, do Milan, verteu algumas lágrimas de orgulho ao voltar à seleção da Suécia, após uma ausência de quatro anos, para disputar jogos das eliminatórias da Copa do Mundo, e contou que seu filho não queria que ele viajasse para se unir ao elenco do técnico Janne Andersson.

O jogador de 39 anos, que se aposentara da seleção após a Euro 2016, soluçou quando lhe perguntaram o que seus filhos Maximilian, de 14 anos, e Vincent, de 12 anos, acharam de sua decisão de atender o chamado de seu país novamente e voltar a vestir a camisa da Suécia.

“Vincent chorou quando o deixei”, disse Ibrahimovic em uma coletiva de imprensa, ele mesmo chorando ao sentir a emoção de voltar à escalação sueca em seu primeiro encontro com a mídia desde sua convocação ao lado do técnico Andersson.

Maior artilheiro da história da Suécia, com 62 gols em 116 jogos, ele disse em uma entrevista concedida a um jornal no final de 2020 que queria encerrar seu exílio internacional – e Andersson logo voou até Milão para estabelecer os termos do retorno do ex-capitão.

“Jogar na seleção é a maior coisa que você pode fazer como jogador de futebol, e enquanto os acompanhava (a seleção sueca), dentro de mim estava sentindo ‘acho que posso ajudá-los, acho que posso fazer algo'”, disse ele a repórteres.

O atacante mostrou deferência a Andersson, com quem se chocou no passado através da mídia.

“Obviamente, não cabe a mim, o que um jogador quer e o que um técnico quer têm que andar juntos”.


Foto: Jonas Ekstromer / TT News Agency via Reuters
Fonte: Diário Esportivo


Postar um comentário

0 Comentários