Justiça manda prender homem que assassinou menina de 15 anos em 1997

Ticker

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Justiça manda prender homem que assassinou menina de 15 anos em 1997



O fotógrafo Silvio Cristiano Pereira de Souza (48) - que foi condenado pelo condenado pelo Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) por matar com dois tiros na cabeça, uma menina identificada como Marineide Lopes da Silva, em 12 de janeiro 1997-, foi preso por volta das 10h da manhã desta segunda-feira (29/03).

Cristiano, que na época do crime fazia "bico" como segurança no Bar do Boi, que funcionava no antigo Tvlândia Mall, deverá cumprir sua pena em regime fechado na Penitenciária Anísio Jobim. Na época a vítima tinha apenas 15 anos. O motivo teria sido porque a vítima não quis ficar com ele, pois estava interessada no seu amigo.

Carona e morte

No final da festa, o amigo de Silvio pediu para ele dar uma carona para a menor, e como já estava com segundas intenções, aceitou de imediato levá-la até a residência da vítima. Durante o trajeto, o acusado tentou seduzir a menina. Furioso ele surtou e entrou em atrito com a menor, acabando por assassiná-la na rua Santa Helena, bairro Redenção, zona centro-oeste da cidade.

Preso por pouco tempo

Cristiano ainda ficou preso por cerca de cinco meses a Penitenciária Raimundo Vidal Pessoa situada na Av. 7 de setembro, centro, mas foi posto em liberdade. Durante esse tempo, o acusado teria cometido crimes de extorsão em Manaus.

O processo pode ser conferido no portal do TJAM sob o número: 0000281-43.1997.8.04.0011.

Procedimentos

Silvio foi condenado a 12 anos de reclusão por homicídio qualificado. Após os procedimentos cabíveis na DEHS, ele será encaminhado para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde permanecerá à disposição da Justiça.

Extorsão

Silvio Cristiano também ficou conhecido por suposta parceria com funcionários e ex-funcionários de empresas terceirizadas para extorquir empresários.

Abaixo você pode conferir o CPF de Cristiano quando teria enviado o documento para um empresário com a intenção de extorqui-lo.


Mandado de prisão

“O mandado de prisão contra o indivíduo foi expedido no dia 26 de junho de 2020, pela juíza Ana Paula de Medeiros Braga Bussulo, da 2° Vara do Tribunal do Júri. Com a ordem judicial, nos deslocamos ao endereço dele, na rua Prosperidade, bairro Compensa, zona oeste, onde efetuamos a prisão”, explicou delegado Charles Araújo, titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Veja abaixo o mandado expedido na última sexta-feira (26), pela 2ª Vara do Tribunal do Júri.




Postar um comentário

0 Comentários