Projeto Laboratório Musical finaliza com webshow de lançamento de álbum inédito e faz homenagem a Cileno

Ticker

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Projeto Laboratório Musical finaliza com webshow de lançamento de álbum inédito e faz homenagem a Cileno



Após maratona de workshops, preparação vocal, produção e gravações em estúdios, o projeto Laboratório Musical - Talent Show chega ao ápice da sua primeira edição. A cereja do bolo é o lançamento do álbum com singles inéditos. Para comemorar e mostrar ao público o resultado de 2 meses de trabalho, Jôci Carvalho comanda a super webshow com os artistas Alex Alencar, Bella Queiroz, Dinho Rodrigues e Nay Silva que prometem ainda uma homenagem ao cantor e compositor amazonense Cileno. O evento online está marcado para 11 de março, às 19h.

Diretora do Grupo Pactum e idealizadora do projeto, Jôci Carvalho conta alguns detalhes da grande festa musical. "Serão duas horas de programação e nossos artistas poderão mostrar um pouco do que foi adquirido durante o processo do Laboratório Musical. O evento inicia com um vídeo resumindo o que foi vivenciado nesta grande experiência musical, tanto para os artistas, quanto para nós, que atuamos na produção. Em seguida, abro a programação cantando 'Deus e eu', de Leandro Borges, uma canção que fala de sonhos, sobre acreditar que tudo é possível", explica Jôci.

No primeiro bloco, Jôci explica que serão apresentadas músicas inéditas: “Daniela” com Alex Alencar, “Amazônia”, de Nay Silva, “Still Waiting”, de Bella Queiroz e “Você não soube amar”, de Dinho Rodrigues. Além disso, também serão apresentados duetos especiais com canções cover “Novo Tempo, Ivan Lins e ‘Sorri, sou rei’, da banda Chimarruts.

Versatilidade e homenagem

O segundo bloco do webshow será mais ‘pra cima’, segundo a idealizadora e apresentadora do show. "Queremos mostrar toda a versatilidade dos nossos artistas, do rock ao gospel, passando pelo xote e o samba. Para encerrar a programação faremos nossa homenagem ao cantor e compositor ‘Cileno’. A canção 'Lusis' será interpretada pelos quatro artistas do Laboratório Musical”, conta a apresentadora.

A escolha de Cileno foi unânime, segundo o produtor musical Léo Oliveira. "Quando reunimos os interessados no projeto corremos uma lista com os 'candidatos' à homenagem e, entre tantos nomes, Cileno apareceu como uma das maiores influências para os cantores do Lab. Para o Grupo Pactum, homenagear um grande cantor e compositor que ainda está entre nós é uma das melhores formas de agradecer por seu talento e contribuição para nossa cultura", disse o produtor.

Cileno concorda e agradece pelo reconhecimento. "É uma honra ser lembrado pelos participantes do projeto. Fiquei muito feliz com a escolha e me alegrou muito saber que fui unânime na enquete. Não vejo sentido quando um artista é homenageado depois que morre, isso me deixa triste. Sempre bati nessa tecla: quer homenagear um artista? homenageie-o com vida. As melhores homenagens são feitas em vida. Fiquei extasiado com a honraria”, diz emocionado o cantor amazonense.

O artista é precursor do reggae no Amazonas e dono de muitos sucessos como ‘Feira Hippie’,‘Mimo de Beija-Flor’, ‘WWW I love you’ e ‘Vibe Zona Sul’. ‘Espero corresponder a essa admiração dos fãs e desses artistas. Essa é uma forma de compartilhar um pouco do talento que Deus me deu; levar inspiração e alegria a essas pessoas principalmente neste período de isolamento", resume o cantor.

A música escolhida também é comemorada por Cileno. "Nos anos 1980 por muito tempo fui reconhecido pelo reggae 'Feira Hippie'. É uma música que gosto mas que me trazia preocupações. Nenhum artista quer ser lembrado por apenas uma obra. Daí, veio 'Lusis' que me abriu um novo universo, um novo mercado e me fez ser interpretado por grandes nomes e em vários ritmos, se tornando minha referência musical. Agradeço a todos pela homenagem", encerrou Cileno.

Produção do webshow

O evento online será transmitido pelo Facebook do ‘Laboratório Musical’ e no canal do YouTube, criado para o projeto, segundo Léo Oliveira. "Ainda não é possível reunir público em shows presenciais. Assim, com todas as medidas de segurança e protocolos de saúde, o webshow estará disponível ao público via web. Inclusive, atendendo a recomendações que limitam o número de participantes, a parte instrumental das músicas foi gravada separadamente. Ou seja, não haverá banda no palco. Tudo para dar segurança e bem estar aos nossos artistas e equipe de bastidores", concluiu o produtor.

Quem também protagoniza a produção do Projeto em todas as suas fases é Kid Mahall, renomado jornalista, produtor e ator. Fernanda Sena assina a preparação vocal em todo o processo.

Além do upgrade na vida profissional, os participantes ganharam a monetização de suas músicas disponíveis nas plataformas digitais. “Ao final do projeto, ainda receberão um prêmio no valor de R$:1.500,00 /cada. E, é claro que o público de casa será presenteado com este super webshow”, conclui a idealizadora Jôci Carvalho.

O projeto Talent Show Laboratório Musical foi contemplado pelo Programa Cultura Criativa – 2020/Lei Aldir Blanc – Prêmio Feliciano Lana” do Governo do Estado do Amazonas, com apoio do Governo Federal – Ministério do Turismo – Secretaria Especial da Cultura.







Postar um comentário

0 Comentários