Conecte-se Conosco

Política

MDB pode ter senador Eduardo Braga como relator ou líder da CPI da Pandemia

Publicado

em

Confirmado entre os 11 titulares da CPI da Pandemia, o senador Eduardo Braga (MDB-AM) – que é líder da maior bancada no Senado,  composta por 15 senadores -, está cotado para assumir a presidência ou a relatoria da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que vai investigar os Estados e municípios que receberam verbas federais para combater a Covid-19.

Na avaliação de Eduardo Braga, a Comissão tem a prerrogativa de grande importância de dar uma resposta ao povo brasileiro e, principalmente, aos amazonenses.

Consórcio das vacinas

O senador Omar Aziz (PSD-AM) afirmou que a Comissão Parlamentar de Inquérito vai analisar e tirar as conclusões porque o Brasil, desde os primeiros momentos da pandemia, não participou dos consórcios das vacinas que foram criados no mundo.

“Nós poderíamos ter muito mais vacinas para a população brasileira e, principalmente, para o Amazonas se o governo brasileiro tivesse participado dos consórcios. Hoje, nós temos falta de vacinas e não há perspectivas de compra a curto prazo porque o Brasil se negou a participar dos consórcios”, alfinetou.

Omar disse, ainda, que a falta de oxigênio no Amazonas e em outros Estados, com certeza, será um dos alvos da CPI da Pandemia. “Eu não vejo a CPI como caça às bruxas, mas para procurar soluções pelas experiências negativas que tivemos na pandemia. Tivemos a primeira onda, a segunda onda, poderemos ter outras ondas e precisamos nos preparar para isso. Espero que possamos contribuir para achar soluções e não para crucificar pessoas por razões políticas”, ressaltou.