Guillermo Lasso, candidato da direita, é eleito presidente do Equador

Ticker

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Guillermo Lasso, candidato da direita, é eleito presidente do Equador



Neste domingo (11), o ex-banqueiro Guillermo Lasso foi eleito presidente do Equador. Lasso faz parte da direita conservadora e derrotou o economista de esquerda Andrés Arauz no segundo turno das eleições. Com 96,92% dos votos apurados, Lasso registra 52,52% dos votos válidos, contra 47,48% de Arauz. Lasso já está matematicamente eleito.

Todas as pesquisas indicavam que a vitória seria de Arauz, candidato de esquerda apadrinhado pelo ex-presidente Rafael Correa.

Com o resultado, Lasso somou quase 33 pontos aos 19,7% obtidos no primeiro turno, o equivalente a mais de 2,6 milhões de votos. Arauz, teve apenas 14 pontos a mais que os 32,7% do primeiro turno.

Lasso fundou seu próprio movimento, o Creando Oportunidades, mas se desenvolveu com o apoio do Partido Social Cristão e do ex-governador León Febres Cordero (1984-1988).

Entre 1989 e 2012 foi vice-presidente, gerente e presidente do Banco de Guayaquil, um dos maiores do Equador. Na área pública, foi governador da província de Guayas (capital Guayaquil) e secretário estadual da Economia na gestão do ex-presidente deposto Jamil Mahuad (1998-2000).


Fonte: Gazeta Brasil

Postar um comentário

0 Comentários