Dep. João Luiz propõe CNH Social para mototaxistas do interior do Amazonas

Ticker

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Dep. João Luiz propõe CNH Social para mototaxistas do interior do Amazonas



Por meio de indicação protocolizada na Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), o deputado estadual João Luiz (Republicanos) propôs ao Governo do Estado a implementação da Carteira Nacional de Habilitação - CNH Social - para mototaxistas do interior do Amazonas. O parlamentar informou que também enviará a proposta ao Departamento de Trânsito do Amazonas (Detran-AM).

Durante pronunciamento na sessão desta terça-feira (19), João Luiz informou que já reuniu como o diretor-presidente do Detran-AM, Rodrigo Sá, para discutir a viabilidade da isenção de custos para a emissão da primeira habilitação aos mototaxistas do interior.

“Além de conversar sobre a implementação da CNH Social à categoria, também solicitei ao gestor que o órgão ofereça o curso de capacitação, além de doar coletes e capacetes de segurança”, comentou.

“No interior do Amazonas, o meio de transporte mais utilizado é o mototáxi. No entanto, por conta dos altos custos dos cursos de formação e exames exigidos para a emissão da CNH, a maioria desses profissionais atua de forma irregular, sem a licença devida. Por isso, estou propondo ao Governo do Estado a implementação desse programa que, além de regularizar os mototaxistas no exercício da profissão, assegurará cidadania e respeito à categoria, garantindo um transporte mais seguro”, justificou o Republicano.

De acordo com o parlamentar, o governador Wilson Lima deverá reunir com os gestores do Detran-AM e da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-AM) para analisar a viabilidade e alinhar os custos do programa.

“Tenho certeza que o governador irá avaliar a importância da proposta para o interior do Estado e, de forma sensível, vai agilizar a elaboração do projeto de lei para a implementação da CNH Social para enviar à Casa. Acredito que meus pares irão abraçar a proposta, beneficiando não apenas a categoria, mas toda a população do interior do Estado”, concluiu.


Texto: Jeane Glay
Foto: Mauro Smith


Postar um comentário

0 Comentários