SES-AM reforça testagem com RT-PCR e teste rápido de antígeno para detecção precoce de novos casos de Covid-19

Ticker

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

SES-AM reforça testagem com RT-PCR e teste rápido de antígeno para detecção precoce de novos casos de Covid-19



A Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) e a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) estão reforçando a testagem com os exames RT-PCR e o teste rápido de antígeno nas unidades de saúde do Estado. O objetivo é frear a cadeia de transmissão do novo coronavírus e reduzir os impactos na rede de saúde, diante da perspectiva de uma nova subida de casos e de uma terceira onda da pandemia de Covid-19.

A SES-AM aumentou a oferta da testagem do RT-PCR, exame considerado padrão ouro, e também o teste rápido de antígeno, tanto nas unidades de urgência e emergência, que são as portas de entrada do sistema de saúde, quanto na rede ambulatorial.

O fortalecimento da vigilância em saúde é uma das principais estratégias da secretaria, que também está revisando o Plano de Contingência da Covid-19, no contexto de uma nova subida de casos. Mais que preparar a rede para uma terceira onda, SES-AM quer prevenir que essa aconteça ou reduzir seus impactos com medidas de prevenção.

A ampliação da testagem permitirá acelerar a identificação de infecções ativas pelo novo coronavírus e, imediatamente, iniciar o tratamento, o isolamento domiciliar e, consequentemente, interromper a disseminação do vírus, trazendo mais efetividade no enfrentamento à doença.

O secretário de estado de Saúde, Marcellus Campêlo, afirma que a estratégia requer ação integrada entre Estado e os municípios, nas ações de rastreamento e acompanhamento dos infectados e seus contatos; além de forte adesão da população às medidas de prevenção não farmacológicas, como evitar aglomerações, usar máscara, manter higiene das mãos com água e sabão e usar álcool em gel.

“Precisamos agir para evitar que o vírus se espalhe e isso se faz com vigilância ativa, testando mais, identificando e tratando o doente no hospital ou em casa, fazendo o rastreio dos contatos e quarentena e orientando sobre as medidas de prevenção não farmacológicas”, afirma o secretário. Segundo ele, as ações de vigilância precisam caminhar junto com as ações de assistência para surtirem efeito.

“A experiência vem mostrando que só aumentar leitos não vai surtir efeito, porque a capacidade, seja de recursos humanos quanto de insumos, é limitada, principalmente no momento em que todo o Brasil e o mundo correm atrás dos mesmos insumos e esses estão em falta. Nesse sentido, as ações para fortalecer a vigilância terão um peso tão importante quanto as ações para aumentar nossa capacidade de atendimento”, disse o secretário.

Desde o início de março, equipes do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), da FVS-AM, vêm capacitando profissionais nas unidades de saúde da rede estadual para a coleta e melhor encaminhamento dos exames. O trabalho iniciou nas maternidades e nos Serviços e Unidades de Pronto Atendimento (SPAs e UPAs), nos hospitais das Fundações de Saúde, Hospitais e Prontos-Socorros adultos e infantis e, na próxima semana, alcançará os serviços ambulatoriais das Policlínicas, dos Centros de Atenção Integral à Criança (CAIC) e Centros de Atenção Integral ao Idoso (CAIMI).

Orientação à população –
A estratégia irá contar com orientação à população sobre a importância de procurar uma unidade de saúde, próxima da residência, em caso de suspeita de gripe. Esse atendimento deve ser preferencialmente na Unidade Básica de Saúde (UBS), no SPA ou UPA 24H.

“Pedimos que a população procure as unidades de saúde nos primeiros sintomas gripais. A nossa meta é captar o máximo de sintomáticos respiratórios, testá-los para identificar novos casos e fazer a intervenção oportuna”, explicou a assistente técnica da Secretaria Executiva de Assistência da capital da SES-AM, Viviana Cláudia Almeida.

Resultado no site – A população poderá consultar o resultado do teste no site da FVS-AM – http://www.fvs.am.gov.br/ , no link ‘Resultados Lacen/FVS’ mediante consulta pelo CPF. O resultado do exame é disponibilizado entre 48 e 72 horas no site.

A FVS-AM destaca que o Lacen está preparado para a demanda de exames, porque ampliou a capacidade de processamento de testes de Covid-19, após receber equipamento de extração de RNA (material genético do novo coronavírus) e seis kits de extração, permitindo ao laboratório processar até 2 mil testes RT-PCR por dia.

A iniciativa tem apoio da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), que doou 122 mil testes rápidos de antígeno ao Amazonas. A SES-AM informa que também está realizando aquisição desse tipo de teste rápido.

Nota Técnica – Uma Nota Técnica conjunta da SES-AM e da FVS-AM vai orientar os profissionais de saúde na coleta de teste rápido de antígeno e de RT-PCR, nos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), e gripal (SG), na detecção da infecção pela Covid-19.


Foto: Divulgação/SES-AM

Postar um comentário

0 Comentários