Conecte-se Conosco

Brasil

Governo Bolsonaro, enfim, diz que cloroquina e ‘kit covid’ não funcionam

Publicado

em

Até que enfim! Pela primeira vez, depois de mais de um ano de epidemia no Brasil e a perda de 430 mil vidas, o Ministério da Saúde do governo Bolsonaro admitiu que a cloroquina e outros medicamentos do “kit covid” não serve contra o coronavírus.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, portanto, é o maior garoto-propaganda desses remédios para malária, piolho e outros males. Menos a covid.

Agora, depois de uma semana que explorou bem esse uso de remédios defendidos pelo governo em prejuízo da vacinação, o ministério elaborou um documento em que hidroxicloroquina, cloroquina, azitromicina, ivermectina e outros, como o remdesivir, não são indicados para tratamento em hospitalizados.

Avaliação científica 

Esse documento está sendo avaliado na Conitec, comissão do ministério responsável pela inclusão de protocolos e remédios no SUS.

Até então, o que havia eram “orientações” do ministério sobre a cloroquina e o “kit covid”. E tudo muito pela pressão teimosa de Bolsonaro.

Conheça detalhes da análise sobre outros medicamentos na matéria de Júlia Chaib e Natália Cancian, na Folha de S.Paulo.

Foto: Divulgação / EBC