Devido a cheia, sentido de circulação da avenida 7 de Setembro é alterado

Ticker

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Devido a cheia, sentido de circulação da avenida 7 de Setembro é alterado



A Prefeitura de Manaus, por meio do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), vai alterar o trânsito na avenida 7 de Setembro, Centro, no trecho entre as avenidas Eduardo Ribeiro e Getúlio Vargas, a partir do meio-dia, desta quinta-feira, 20/5. A medida é necessária por conta da subida do nível do rio Negro, que já começa a prejudicar a circulação dos veículos na área central.

Com a mudança, os veículos que trafegam pela rua Governador Vitório deverão dobrar à esquerda no cruzamento com a avenida 7 de Setembro, seguir até o cruzamento com a avenida Eduardo Ribeiro, onde serão desviados para a avenida 7 de Setembro no sentido inverso de fluxo até a avenida Getúlio Vargas, onde poderão seguir em frente ou virar à esquerda e seguir o itinerário normalmente.

Transportes

As linhas de ônibus, por enquanto, vão seguir o itinerário normal, sem precisar seguir o esquema de desvio montado pelo IMMU, na avenida 7 de Setembro. Os coletivos deverão seguir pela avenida Epaminondas, depois a rua da Instalação, acessar o terminal da Matriz e seguir em frente pela avenida Floriano Peixoto. Até o momento, os pontos de ônibus não sofrerão mudanças. Com a subida no nível das águas, o transporte coletivo poderá sofrer alteração no itinerário utilizando a mesma circulação dos veículos de passeio, pela avenida 7 de Setembro.

A inversão de fluxo foi determinada pelo setor de engenharia do IMMU e só vai afetar, por enquanto, os veículos comuns que não poderão circular na avenida Floriano Peixoto por conta das alagações. As sinalizações verticais e semafóricas foram reajustadas para poder atender a demanda de mudança de circulação.

Os condutores que circulam no entorno da área central, terão o apoio dos agentes de trânsito e fiscais de transportes para orientação e monitoramento de circulação na via.


Texto - Marcelo Lima/IMMU
Fotos - Sidney Mendonça/IMMU


Postar um comentário

0 Comentários