Dione cobra o governo por cirurgias cardíacas de crianças no Hospital Francisca Mendes

Ticker

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Dione cobra o governo por cirurgias cardíacas de crianças no Hospital Francisca Mendes



A eterna fila de espera de crianças por procedimentos cardíacos nos hospitais públicos foi o assunto abordado pelo vereador, Dione Carvalho (Patriota), na manhã desta segunda-feira (03/5), no plenário da Câmara Municipal de Manaus (CMM). O parlamentar comentou a respeito da difícil situação por que passam duas crianças que aguardam a realização de procedimentos no Hospital Estadual Francisca Mendes, e que por falta de material cirúrgico ainda não foram operadas.

O pequeno José Heitor, de apenas 10 meses, chegou até ao gabinete do vereador por indicação de famílias que já haviam sido atendidas pelos serviços da Associação de Pais de Crianças Cardiopatas (APACC), na época que o parlamentar era o presidente. A família é de Macapá, no Amapá, e desde janeiro vem buscando meios para a realizar a cirurgia do bebê.

“O pai, Wislen Barbosa, me procurou no gabinete e pediu que ajudássemos a salvar a vida do filho dele, que precisa urgentemente de uma cirurgia, e nós vamos até as últimas consequências para salvá-lo”, afirmou Dione.

O parlamentar, que é conhecido como Defensor das Crianças Cardiopatas, disse que é inadmissível o Estado não possuir material para realizar procedimentos cirúrgicos, e que sempre foi assim. “Desde que iniciei essa luta, com a minha filha há 16 anos, crianças cardiopatas morrem por falta de atendimento, na fila de espera, e eu não aceito mais isso”.

Há cerca de duas semanas o vereador levou ao plenário a situação da Thayla, que aguarda há 45 dias a realização de um cateterismo, e ainda não foi operada. “Eu já conversei com o secretário e com o sub-secretário estadual de saúde, eles me disseram que estão fazendo a cotação do material, mas gostaria de dizer que hoje tem 60 crianças na lista de espera por um procedimento cardíaco, e eu vou lutar por cada uma delas”, ressaltou Dione Carvalho.

Durante o discurso, o parlamentar disse que se o Estado continuar inerte ele vai começar a elevar o tom das cobranças, e se ainda assim nada for resolvido, vai acionar a justiça para que as crianças tenham a oportunidade de viverem.


Foto: Gabriel – Assessoria de Comunicação do vereador

Postar um comentário

0 Comentários