Conecte-se Conosco

Política

Alexandre de Moraes abre inquérito contra filhos e apoiadores de Bolsonaro

Publicado

em

BRASÍLIA – O Supremo Tribunal Federal (STF), mandou a Polícia Federal abrir uma investigação contra 10 deputados federais e três filhos do presidente Bolsonaro, senador Flávio, deputado federal Eduardo e o vereador Carlos Bolsonaro. A ordem veio do juiz Alexandre de Moraes.

Os deputados citados no pedido são:

Bia Kicis (PSL-DF), presidente da comissão de Constituição e Justiça;
Carla Zambelli (PSL-SC);
Paula Belmonte (Cidadania-DF);
Caroline de Toni (PSL-SC);
Aline Sleutjes (PSL-PR);
Carlos Roberto Coelho de Mattos Júnior (PSL-RJ);
Paulo Eduardo Martins (PSC-SC);
José Negrão Peixoto, o Guiga Peixoto (PSL-SP);
Eliéser Girão Monteiro Filho, o General Girão (PSL-RN);
Daniel Silveira (PSL-RJ), que está preso e teve o mandato suspenso;

A justificativa da decisão de Moraes tem como base que os investigados fazem parte de uma conspiração com o objetivo de “derrubar a estrutura democrática” citando indícios de uma “estrutura organizada” financiada com recursos públicos e privados.

O objetivo do grupo, segundo Moraes, seria a incitação de um golpe para o “retorno do estado de exceção” a partir do fechamento do Congresso Nacional ou “extinção parcial ou total” do Supremo Tribunal Federal. Os citados ainda não se manifestaram sobre a investigação.