Conecte-se Conosco

Esportes

Com gol de Paquetá, Brasil vence o Peru e está na final da Copa América

Publicado

em

O Brasil venceu por 1 a 0 o Peru, nessa segunda-feira (dia 5) à noite, no Engenhão, no Rio de Janeiro, e está na final da Copa América. O gol da vitória foi do meia Lucas Paquetá, aproveitando bela jogada de Neymar.

O outro finalista da competição será conhecido nesta terça-feira (dia 6) às 22 horas, no duelo entre Argentina e Colômbia, no Mané Garrincha. A final está marcada para sábado às 21 horas, no Maracanã.

A seleção brasileira busca seu 10º título da Copa América. Antes, foi campeão em 1919, 1922, 1949, 1989, 1997, 1999, 2004, 2007 e 2019. Os maiores campeões do torneio são o Uruguai (15 títulos) e a Argentina (14).

O Brasil do técnico Tite chega invicto para a semifinal, com quatro vitórias e um empate.

TITE

Tite nunca perdeu um jogo na Copa América. Ele soma 9 vitórias e 3 empates na competição – foi campeão com o Brasil na última edição, em 2019. Ele igualou Zagallo como o técnico com maior longa invencibilidade na história da seleção brasileira no torneio (10 vitórias e 2 empates).

O JOGO

Sem Gabriel Jesus (suspenso), o técnico Tite lançou como novidade o ponta Everton Cebolinha, do Benfica, ex-Grêmio. Outra novidade foi o meia Lucas Paquetá no lugar de Roberto Firmino. Outra baixa era o lateral-esquerdo Alex Sandro, lesionado, que já não atuou nas partidas anteriores.

O Brasil teve domínio total do primeiro tempo e criou três chances. O goleiro Gallese salvou as duas primeiras, mas não evitou o gol de Lucas Paquetá, aos 34 minutos. O Peru não conseguiu atacar na primeira etapa.

No segundo tempo, o Peru fez uma boa jogada no início, aos 3 minutos, em chute de Lapadula defendido por Ederson. Depois disso, a partida ficou truncada, sem jogadas dos dois lados.

Aos 24, saiu Cebolinha e entrou o meia Everton Ribeiro. Aos 38, Tite fez três substituições, com as entradas de Fabinho, Eder Militão e Vinicius Junior. A última troca foi aos 46, com a saída de Lucas Paquetá para a entrada do volante Douglas Luiz, do Aston Villa.

No total dos 90 minutos, o Brasil teve 15 finalizações (8 certas), 56% de posse de bola e 85% de eficiência nos passes. Já o Peru somou 7 finalizações (2 certas), 44% de posse de bola e 79% de eficiência nos passes. Os dados são do site Sofascore.

BRASIL 1×0 PERU
Brasil: Ederson, Danilo, Thiago Silva, Marquinhos e Renan Lodi (Éder Militão); Casemiro, Fred (Fabinho) e Lucas Paquetá (Douglas Luiz); Everton Cebolinha (Everton Ribeiro), Neymar e Richarlison (Vinícius Junior). Técnico: Tite
Peru: Gallese; Corzo (Lora), Santamaría, Christian Ramos (Raziel García), Callens e Trauco; Tapia, Youtún, Peña e Cueva (Ormeño); Lapadula. Técnico: Ricardo Gareca
Gol: Lucas Paquetá (34-1º)
Cartões amarelos: Marcos López e Yotún (P). Vinicius Junior (B)
Árbitro: Roberto Tobar (Chile)
Local: Engenhão

  • Foto: Buda Mendes/Getty Images
  • Fonte: Bem Paraná