Conecte-se Conosco

Polícia

Polícia Civil prende homem por tráfico de drogas em Caapiranga

Publicado

em

Equipes policiais também apreenderam porções de cocaína e oxi

As equipes de investigação da 32ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), de Caapiranga (a 134 quilômetros da capital), deflagraram ação policial na tarde do último sábado (03/07), que resultou no cumprimento do mandado de prisão preventiva em nome de Pedro Lucas Matos de Moraes, de 21 anos, conhecido como ‘Pedrinho’, por tráfico de drogas.

No decorrer da ação, os policiais apreenderam porções de cocaína, oxi e materiais para embalo de entorpecentes, dois aparelhos celulares e R$ 260 em espécie na casa de Cristian Pereira de Moura, 20, conhecido como ‘Corote’, que se encontra foragido.

De acordo com o delegado Mateus Imperatriz, titular da unidade policial, as equipes se deslocaram ao endereço de Pedro, na rua Aterro, bairro Centro, onde conseguiram cumprir a ordem judicial em nome dele.

“No decorrer da operação, também tínhamos um outro mandado de prisão para cumprir em nome de Cristian, mas o mesmo conseguiu fugir. Ao perceber a chegada das nossas equipes, ele pulou no rio e entrou em uma área de mata”, contou o delegado.

Durante revista na casa de Cristian, os policiais encontraram duas porções de cocaína, 125 trouxinhas e mais duas porções de oxi, dois aparelhos celulares, materiais para embalo de entorpecentes e a quantia de R$ 260 em espécie, provenientes da venda do material ilícito.

As ordens judiciais em nome da dupla foram expedidas no dia 2 de julho deste ano, pelo juiz Silvania Corrêa Pereira, da Vara da Única da Comarca de Caapiranga.

Disque-denúncia – Quem possuir informações sobre o paradeiro de Cristian, pode entrar em contato pelo 181, o disque-denúncia da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM).

Procedimentos – Pedro foi conduzido à sede da 32ª DIP e irá responder por tráfico de drogas. Após o término dos procedimentos cabíveis, ele permanecerá custodiado na carceragem da delegacia, à disposição da Justiça.

FOTO: Divulgação/PC-AM.