Conecte-se Conosco

Cidades

Justiça conclui audiência de instrução no caso de homem acusado de matar o irmão com tiro de arma caseira

Publicado

em

A 2.ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Manaus iniciou nesta segunda-feira (12/07) a audiência de instrução na Ação Penal n.º 0681913-66.2020.8.04.0000, que tem como réu Douglas Marinho Pontes, acusado da morte do irmão, Dalison Marinho Pontes, crime ocorrido em junho do ano passado.

A audiência de instrução teve início às 10h40, sendo presidida pelo juiz de direito titular da 2.ª Vara do Tribunal do Júri, Anésio Rocha Pinheiro. O Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE/AM) foi representado pela promotora de justiça Clarissa Moraes Brito. O réu foi assistido pelo defensor público Vinicius Cepil Coelho.

Na audiência foram ouvidas quatro testemunhas arroladas pelo Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE) e pela defesa. Por último houve o interrogatório do réu. Com a conclusão da audiência de instrução, o magistrado abriu vista dos autos ao Ministério Público para opinar sobre o pedido de liberdade do réu, feito pela defesa, e também para apresentar memoriais escritos (alegações finais) no prazo de três dias. O mesmo prazo foi dado à defesa. Decorrido o prazo, o magistrado poderá proferir a sentença de pronúncia. Caso seja pronunciado, o réu será levado a julgamento popular.

Entenda o caso

Segundo os autos, no dia 9 de junho de 2020, por volta das 7h, na Rua Oito, Vila Marinho, bairro Compensa, zona Oeste de Manaus, Douglas efetuou disparo de arma de fogo contra Dalison Pontes. A motivação do crime, de acordo com o inquérito policial, foi vingança, pois havia um desentendimento entre os irmãos.  A vítima foi atingida pelas costas e, ainda conforme os autos, a arma de fogo usada por Douglas era de fabricação caseira. 

Carlos de Souza

Foto: Chico Batata

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *